Ex-jogador da NBA, Cliff Robinson morre aos 53 anos

Ex-jogador da NBA, Cliff Robinson morre aos 53 anos

O ex-ala-pivô Cliff Robinson faleceu nesse sábado (29), aos 53 anos, em decorrência de um linfoma (câncer do sistema linfático).

Trigésima sexta escolha do draft de 1989, Robinson jogou na NBA até 2007 e defendeu cinco equipes – Portland Trail Blazers (1989-97), Phoenix Suns (1997-2001), Detroit Pistons (2001-03), Golden State Warriors (2003-05) e New Jersey Nets (2005-07).

Robinson foi homenageado na partida de ontem entre o time de Portland e o Los Angeles Lakers. Todos os atletas do Blazers usaram uma headband (testeira) na cor preta em sinal de luto.

Pela equipe de Portland, o ex-ala-pivô teve os seus melhores anos na liga. Em 1993, Robinson foi eleito o melhor reserva da temporada e, no ano seguinte, teve a honra de ser selecionado para o All-Star Game. Ele fez parte do forte time do Blazers, que tinha nomes como Clyde Drexler, Terry Porter, Jerome Kersey, Buck Williams e Kevin Duckworth, finalista da NBA em 1990 e 1992.

Nas temporadas 1999/2000 e 2001/02, quando atuou pelo Suns, Robinson foi escolhido para o segundo time de defesa da NBA. Em 1.380 partidas disputadas na liga, ele angariou médias de 14.2 pontos e 4.6 rebotes.

Durante a carreira, Robinson foi suspenso algumas vezes pela NBA pelo uso de maconha. Depois que se aposentou, ele decidiu investir em produtos canábicos para atletas e criou a sua própria linha de produtos chamada “Uncle Spliffy”, no estado americano do Oregon, cuja legislação permite a atividade.