A novela acabou: o Houston Rockets fechou a troca de James Harden para o Brooklyn Nets na tarde dessa quarta-feira. E em uma negociação bem maior do que poderia se imaginar. De acordo com Adrian Wojnarowski e Ramona Shelburne, da ESPN, a equipe texana acertou o envio do descontente astro para a equipe nova-iorquina em uma transação que contou com mais duas equipes como facilitadoras, o Cleveland Cavaliers e o Indiana Pacers. O negócio, ao todo, envolve sete jogadores e os direitos parciais ou integrais sobre nove escolhas de draft.

O Rockets aceitou liberar o armador de 30 anos e ex-MVP da liga em troca de um pacote histórico de retorno, que inclui futuras quatro escolhas desprotegidas de primeira rodada de draft e o direito de troca de posição na primeira rodada de outros quatro recrutamentos. Sete dessas seleções eram pertencentes ao próprio Nets, entre 2021 e 2027, e a oitava delas – que vai diretamente para Houston – foi cedida pelo Cavs, com seu dono original sendo o Milwaukee Bucks no draft de 2022. O armador Dante Exum, o ala-pivô Rodions Kurucs e o astro Victor Oladipo também estão sendo enviados para o Texas.

Além de Harden, os nova-iorquinos receberam uma escolha de segunda rodada de draft vinda do Cavaliers na transação. O time de Cleveland, em contrapartida, adquiriu dois novos jogadores através do negócio: o ala Taurean Prince e o pivô Jarrett Allen, que estavam em Brooklyn. O Pacers cedeu Oladipo, que está em último ano de contrato, em troca do ala Caris LeVert e uma futura escolha de segunda rodada de recrutamento que está sendo enviada por Houston.

O Rockets tomou a decisão de acelerar as negociações envolvendo o craque nas últimas horas, depois dos acontecimentos da derrota da equipe para o Los Angeles Lakers nessa terça-feira. O ídolo da franquia apresentou-se visivelmente fora de forma para a partida e teve uma atuação altamente criticada, repleta de péssimas decisões e uma linguagem corporal desastrosa. Após a partida, ele chegou à entrevista coletiva dizendo simplesmente que não tinha mais condições de seguir no time.

O outro “finalista” nas negociações por Harden era o Philadelphia 76ers, cujas operações são lideradas pelo ex-gerente geral do Rockets, Daryl Morey. De acordo com Marc Stein, do jornal The New York Times, os texanos exigiam a inclusão do armador Ben Simmons, do ala Mathisse Thybulle e do novato Tyrese Maxey, além de inúmeras escolhas de draft, para chegar negócio. O Sixers teria resistido em envolver o calouro nas conversas.

A negociação acaba por realizar a vontade do armador de 30 anos, que sempre teve o Nets como seu destino favorito em uma troca e poderá reeditar a dupla com Kevin Durant. A equipe de Brooklyn fica com três vagas abertas no elenco após a transação e pode supri-las com três recursos que possui à disposição: a exceção salarial tax midlevel (US$5.7 milhões), a exceção mínima e uma exceção especial concedida pela NBA por conta da lesão de Spencer Dinwiddie, que está fora da temporada, no valor de quase US$6 milhões.

Sem poder ser específico sobre o novo reforço, o técnico Steve Nash projeta poucas mudanças com a chegada de Harden ao Nets. “Eu acho que o basquete gira em torno de sermos as melhores versões que pudermos jogando juntos. Então, não importa quem seja o jogador que chega, a missão é criar uma conectividade e equilíbrio com o elenco para formar um coletivo maior do que as partes individuais. Esse reforço não muda o nosso time e o objetivo que traçamos desde o primeiro dia de treinos”, cravou o ex-armador.

Confira como ficou a troca que “convenceu” o Rockets a repassar o astro James Harden com o Nets: 

Nets recebe: James Harden e futura escolha de segunda rodada de draft (2024, via Cavaliers)

Rockets recebe: Victor Oladipo, Dante ExumRodions Kurucs, quatro escolhas desprotegidas de primeira rodada de draft (pertencentes ao Nets em 2022, 2024 e 2026, além de uma do Milwaukee Bucks em 2022) e direito de troca de posição em outras quatro escolhas de primeira rodada de recrutamento (pertencentes ao Nets em 2021, 2023, 2025 e 2027) 

Pacers recebe: Caris LeVert e futura escolha de segunda rodada de draft (2023, via Rockets)

Cavaliers recebe: Jarrett Allen e Taurean Prince 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook