O Ginásio Antônio Prado Jr., em São Paulo, foi palco neste sábado (23) da final da terceira edição da Copa Super 8. Com um desempenho memorável no último quarto, o Flamengo derrotou o São Paulo por 79 a 71, conquistou o título da competição pela segunda vez e carimbou uma vaga para a próxima Champions League das Américas.

Olivinha foi o grande destaque rubro-negro. O veterano ala-pivô do Flamengo anotou 14 de seus 19 pontos no quarto período e comandou a virada do Mengão, que perdia por 11 no início da parcial. O argentino Franco Balbi anotou 16 pontos e conquistou 13 rebotes para terminar a final com um duplo-duplo. Pelo São Paulo, Shamell (24 pontos) e Georginho, com 19 pontos e 11 rebotes brilharam.

A equipe do São Paulo foi para o intervalo vencendo por seis pontos e parecia que iria derrubar o favorito Flamengo. A vantagem ainda aumentou no terceiro quarto, quando Shamell anotou 14 pontos. Porém, a experiência rubro-negra pesou no período derradeiro.

Olivinha e Marquinhos chamaram a responsabilidade da partida e a defesa do Flamengo praticamente anulou a ofensiva tricolor. Com muita intensidade, o rubro-negro ganhou a batalha dos rebotes e criou diversas segundas oportunidades de ataque. Aos poucos, o time encostou no placar e o jogo virou completamente a favor do time carioca.

Com menos de 30 segundos para o fim da partida, Balbi anotou uma cesta de três para abrir cinco pontos para o Flamengo. Isso destruiu de vez o empenho dos São Paulo, que praticamente se entregou até o final da partida. No fim, Olivinha fez a bandeja que deu números finais à partida. O ala-pivô foi eleito o MVP da final e o Flamengo garantiu mais um título.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece no basquete:
Instagram
Youtube
Twitter
Facebook