O Denver Nuggets agiu rápido no mercado e trouxe um substituto para suprir a saída do valorizado Jerami GrantJaMychal Green. De acordo com Shams Charania, do site The Athletic, a franquia do Colorado tirou o ala-pivô de 30 anos do Los Angeles Clippers com um contrato de duas temporadas que vai render cerca de US$15 milhões em salários. O segundo ano do compromisso será uma opção do atleta, dando-lhe o direito de voltar a ser agente livre em 2021. 

A intenção inicial dos dirigentes de Denver era a renovação de Grant, um dos destaques da ótima campanha do time na “bolha”, mas a concorrência no mercado inviabilizou um acerto. Ele assinou contrato na faixa dos US$20 milhões por ano com o Detroit Pistons, valor proibitivo para uma extensão. De acordo com Harrison Wind, do periódico Denver Post, os atuais finalistas do Oeste procuraram o novo reforço assim que a perda do agente livre foi confirmada. 

A permanência de Green também era vista como movimento importante pelo Clippers, que tinha condições de oferecer vínculo semelhante ao acertado com o concorrente. O repórter Jovan Buha apurou, no entanto, que a atenção e forte interesse exibidos pelo Nuggets acabou por convencê-lo a sair da equipe angelina, que parecia priorizar outras frentes de negócio naquele momento – como garantir a manutenção do ala Marcus Morris. 

Um importante reserva na (frustrante) campanha do Clippers na “bolha”, Green sempre foi reconhecido nos bastidores da NBA por ser um marcador versátil e desenvolveu-se como arremessador de longa distância nas últimas temporadas. O veterano disputou 63 partidas da campanha passada, registrando médias de 6.8 pontos (com quase 39% de aproveitamento nos arremessos de três pontos) e 6.2 rebotes por jogo. 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook