James Harden deixou o Houston Rockets na última quarta-feira, mas não deixou as polêmicas. Após ser criticado por ex-colegas [John Wall e DeMarcus Cousins] por falta de empenho e querer desistir do time após nove jogos, o astro rejeitou que tenha desrespeitado a equipe e os jogadores em sua entrevista de apresentação no Brooklyn Nets. Segundo Harden, Wall e Cousins acabaram de chegar e não podem o criticar pelo fato de achar que o time não seria competitivo.

“Eu não fui desrespeitoso com ninguém. Eles acabaram de chegar em Houston”, afirmou Harden. “Eu estive lá por muito tempo. Eu apenas fiz um comentário que o time não era bom o bastante para competir pelo título”.

Logo após a derrota do Rockets para o Los Angeles Lakers, na terça-feira, o ala-armador sinalizou que gostaria de sair. A direção da equipe retomou as conversas com diversas franquias para solucionar o caso e havia informado que, enquanto não aparecesse uma troca, Harden estaria afastado.

Wall e Cousins reclamaram de sua postura. O pivô foi além e desdenhou da importância de Harden no início da atual temporada.

“Não me sinto traído por tudo o que aconteceu, pois, sinceramente, meu interesse era jogar com John Wall. E o desrespeito começou há muito tempo: foi a abordagem dos treinos de pré-temporada, as ausências inexplicadas, a forma como se reapresentou e postura fora de quadra. Então, nada aconteceu do dia para a noite. Dito isso, a gente sabe que essa é a parte feia dos negócios. É assim que as coisas funcionam mesmo”, afirmou o veterano, com um teor de indignação. 

Horas depois, Boston Celtics, Philadelphia 76ers e Nets apareceram como favoritos. Enquanto os dois primeiros recusaram a oferta, o time do Brooklyn aceitou a proposta.

Cestinha das últimas três temporadas, o camisa 13 foi MVP em 2017-18, mas jamais conseguiu dar um título para Houston. Desde 2012-13 na equipe, os melhores resultados foram duas finais de conferência, ambas perdidas para o Golden State Warriors. Na atual temporada, ele atuou em oito partidas e obteve médias de 24.8 pontos, 10.4 assistências, 5.1 rebotes, além de um aproveitamento de 34.7% nos arremessos de três.

Sem ele, o Rockets superou o San Antonio Spurs na quinta-feira por 109 a 105, garantindo o quarto triunfo em dez partidas disputadas.

Agora, no Nets, ele vai atuar ao lado de Kevin Durant, com quem jogou nos tempos de Oklahoma City Thunder e Kyrie Irving. Segundo Harden, quem decidirá os jogos será quem estiver em melhores condições.

“Sou um jogador de elite, um colega de elite e um líder de elite”, concluiu.

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook