Pode-se dizer que a novela James Harden teve seu último capítulo e o final feliz nesse sábado. O astro disputou a primeira partida com o uniforme do Brooklyn Nets e deixou excelente impressão, com uma atuação de 32 pontos, 12 rebotes e 14 assistências na vitória contra o Orlando Magic. Foi uma estreia para entrar na história, com marcas e recordes no Nets e na NBA, e Harden garante que as coisas só vão melhorar agora. 

“Foi uma estreia muito boa. Você pode ver pelo meu sorriso. Cometi muitos desperdícios de bola, mas sei que isso vai diminuir com o tempo, os treinos e o entrosamento. Criar sintonia em 48 horas é difícil, mas tudo fica mais fácil quando se joga com bons atletas. Serei mais eficiente assim que conhecer melhor os jogadores, onde gostam de receber a bola, mas o que importa é que vencemos”, contou o veterano, após o triunfo por 122 a 115. 

Para começar, Harden quebrou o recorde de maior número de assistências em um jogo do Nets, com as 14 contabilizadas diante do Magic. Ele tornou-se o sétimo jogador em todos os tempos a anotar um triplo-duplo em sua estreia por uma equipe da NBA – e o primeiro a fazer um TD com 30 pontos na história nas mesmas condições. Os números são impressionantes, mas passam longe de serem prioridades para o craque.    

“Os números e marcas não significam nada para mim. Eu estou apenas feliz por termos conquistado a vitória. Essas estatísticas não têm significado algum perto do resultado. Só tento fazer tudo o que posso, com minhas habilidades, para que a equipe vença as partidas. Estou contente porque vencemos e, agora, vamos assistir aos vídeos para voltarmos ainda melhores no próximo jogo”, assegurou o armador de 30 anos. 

O técnico Steve Nash sabe que as estatísticas não são o foco do Harden, mas, avaliando as condições em que encontra-se, acredita que mostram a excelência do novo reforço. “Eu acho que James teve um começo de temporada estranho e não está em sua melhor forma física, mas, ainda assim, conseguiu ter uma atuação incrível como essa. Ele é um dos melhores jogadores de basquete desse planeta – e só vai melhorar”, avisou. 

E o mais importante é que a grande noite do novo astro do Nets, no fim das contas, não reprimiu o jogo dos atletas em sua volta. Kevin Durant, por exemplo, anotou 42 pontos. Os 74 pontos combinados pela dupla é o maior número que já marcaram atuando como companheiros, mais do que em qualquer partida pelo Oklahoma City Thunder. O ala só teve elogios à primeira performance do amigo pela equipe nova-iorquina. 

“James foi absolutamente incrível hoje, cara. Dá para perceber que ele começou o jogo tentando decifrar a melhor forma de envolver todos e acho que passamos a bola demais na busca para deixar todo mundo confortável. Então, ele simplesmente assumiu o seu estilo sendo agressivo em termos de pontuação e isso foi o que abriu o jogo para todos nós”, contou Durant, um dos maiores entusiastas da troca que trouxe o armador. 

Agora, o Nets só aguarda o retorno de Kyrie Irving para ficar completo e poder estrear o seu trio de astros de forma oficial. É esperado que ele esteja liberado para atuar pelo protocolo de saúde da NBA nos próximos dias, mas não há um prazo determinado para sua disponibilidade. De qualquer forma, mesmo com o importante desfalque, Harden já notou que faz parte de um plantel especial, que pode abalar as estruturas da liga.  

“Nós temos talentos especiais nesse elenco: chutadores, criadores e defensores muito versáteis. Um pouco de tudo o que é importante chegando aos playoffs. Não temos o entrosamento, mas senti-me bem atuando com jogadores que me deram confiança e energia nessa partida. Com o decorrer da temporada, construindo relação de confiança nesse vestiário, vamos ser muito fortes”, projetou o otimista craque, abrindo uma nova fase na carreira. 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook