Já dá para dizer que, apesar de certas dúvidas iniciais, a aquisição de James Harden pelo Brooklyn Nets tem sido um enorme sucesso. E, na visão de um dos mais célebres analistas da ESPN norte-americana, a nova equipe também ajudou a recolocar o astro no melhor momento técnico da carreira. O controverso Stephen A. Smith acredita que, no comando da ascensão dos nova-iorquinos à segunda posição da conferência Leste, Harden tornou-se o melhor jogador da NBA hoje.  

“James tem sido sensacional. São 25 pontos e 11 assistências de média, convertendo um altíssimo volume de arremessos e fazendo duplos-duplos como se fossem a coisa mais normal. Mais do que isso, ele está liderando o seu time. Não importa que Kevin Durant esteja afastado, que tenha sido chamado de ‘gordo’ por ter aparecido fora de forma e as críticas recebidas pela forma como saiu do Houston Rockets. É o melhor da NBA hoje”, sentenciou o comentarista, no programa televisivo “First Take”. 

Harden já disputou 21 partidas pelo Nets desde que foi contratado, em uma transação fechada com o Rockets em janeiro, e o seu impacto em termos de resultados coletivos foi imediato: a equipe só perdeu seis desses jogos. Os nova-iorquinos saíram da quinta posição do Leste para, hoje, ficarem a somente 0.5 jogo do líder Philadelphia 76ers. Smith acredita que o reflexo de sua chegada na campanha do time é uma comprovação do comprometimento do ex-MVP da liga com as vitórias. 

“James criou controvérsia com a maneira como ‘forçou’ uma troca, com certeza, mas eu acho que esquecemos de apreciar o fato de que não fez tudo isso pensando em dinheiro. A realidade é que o homem tinha uma proposta de extensão de mais de US$50 milhões anuais por duas temporadas nas mãos, recusou e priorizou ter uma chance de competir nas melhores condições possíveis, de vencer”, elogiou o analista, um dos mais bem pagos e influentes da televisão norte-americana. 

Os números individuais de Harden, como já citado, também estão no patamar de seus melhores momentos na liga. Ele distribuiu dez ou mais assistências em 16 partidas, pegou mínimo de dez rebotes em sete jogos e alcançou a casa dos 30 pontos em dez confrontos com a camisa do Nets. Isso sem contar que, em fevereiro, ele converteu quase 43% dos arremessos de três pontos que tentou. O segundo troféu de MVP da temporada na carreira do armador é uma possibilidade real para Smith. 

“Ele chegou em Brooklyn, com Kyrie [Irving] e Kevin, e assumiu o controle das ações de imediato para tornar-se o melhor armador da liga nesse momento. James tem sido nada além de fantástico desde que foi trocado. Não é egoísta, vem envolvido todos ao seu redor e essa é a mentalidade com a qual vem liderando esse time. É um forte candidato ao MVP, definitivamente”, apontou Smith, reforçando Harden como o melhor jogador da NBA na atualidade.