A Inteligência artificial tem entrado nas nossas vidas de várias formas. Por exemplo, se comentar algo sobre basquetebol ou até visitar somente este nosso site, é possível que, ao entrar num cassino online como Royal Vegas Casino lhe surja a sugestão da slot Basketball Star. Isso se deve aos algoritmos que, com base em seu caminho pela web e suas pesquisas, identificam seus gostos e facilitam o acesso às temáticas que mais lhe interessam.

Ainda que a IA tenha esta potencialidade e este seja o mais conhecido (e reconhecido) uso de seus recursos, a verdade é que esta inteligência virtual pode ir muito além das sugestões cotidianas e ser utilizada para regular outros aspetos da vida e dos esportes.

Um estudo sobre IA, que a relacionava com esportes como o futebol e o basquetebol concluiu que seus recursos poderiam ser utilizados para evitar lesões e melhorar a performance dos atletas.

Ainda que o estudo fosse preliminar e mais focado nos atletas do sexo masculino, este já nos demonstra o grande potencial da IA no mundo dos esportes. Leia o restante artigo para saber mais sobre essa temática.

Inteligência Artificial e esportes

A IA tem aplicação em diversos setores e ariadas atividades humanas e os esportes não são exceção.

Um estudo realizado na USP, na Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) verificou que esportes coletivos como o futebol e o basquetebol já estavam usando recursos de iA para evitar lesões e melhorar a performance dos jogadores.

Dentro da IA, as técnicas mais vezes identificadas por esse estudo foram a árvore de decisão e as técnicas de redes neurais artificiais.

Com estes modelos computacionais e modelos de suporte, a previsão das potencialidades em variados contextos se torna possível, o que faz com que a avaliação performativa dos atletas seja mais simples, permitindo que analise a probabilidade de lesões e se apliquem estratégias para o melhoramento performativo.

Esse estudo viria a ser publicado na conceituada revista Sports Medicine, destacando a IA e seus usos nesses esportes.

A evolução da IA e sua aplicação nos esportes

Há não muitos anos atrás, a IA não seria mais do que um conceito algo futurista que surgia nos filmes e seriados de ficção científica mas, hoje, é uma realidade de nossos dias.

Por décadas, a IA vem sendo estudada, assumindo um novo protagonismo, à medida que novos dados e novos recursos foram se tornando possíveis.

O aparecimento da conhecida “big data” permitiu que uma grande quantidade de dados fosse gerada e armazenada, passando a integrar sistemas de inteligência virtual que aceleram e melhoram todos os processos digitais.

Como vários outros setores, os esportes estão, por isso, se rendendo às opções oferecidas por esse tipo de tecnologia, acompanhando sua evolução para descobrir novas formas para melhorar os times, evitar problemas físicos e garantir resultados mais positivos nas competições.