Ja Morant chegou à liga como um furacão enquanto todos os olhos no draft de 2019 estavam voltados para Zion Williamson. O jovem talento do Memphis Grizzlies não apenas levou o prêmio de novato do ano, mas, contra todos os prognósticos, levou o jovem time aos playoffs no primeiro semestre. Embora só pareça o início da jornada, Morant já se enxerga como um dos melhores e mais capazes armadores da NBA. 

 

“Sou um dos cinco melhores armadores da NBA. É duro de analisar porque temos muito talento nessa posição, mas estou no TOP 5. Stephen [Curry] também está lá, além de Chris Paul, de quem sou muito fã. Diria que Damian [Lillard] e Russell [Westbrook] são os outros dois no ranking. Vários ótimos atletas têm que ficar de fora, mas acredito que estou bem alto”, afirmou o líder do Grizzlies, em entrevista ao site HoopsHype. 

Sob a liderança de Morant, a franquia do Tennessee vem se especializando em superar expectativas. O jogador de 22 anos conduziu o time ao play-in na “bolha”, ainda como calouro, antes de ter classificado para os playoffs nesse ano. A reação natural é ligar o bom desempenho ao jovem, mas o próprio nega o crédito. Ele explica que Memphis é mais competitivo do que soa porque tem coletivo mais forte do que individualidades. 

“Sinto que podemos competir com as melhores equipes da liga. Temos a mentalidade e vontade de provar algo a todos, então entraremos em quadra para jogarmos uns pelos outros sempre. Vamos continuar melhorando como grupo ao passo em que adquirimos entrosamento. Nosso objetivo é seguir evoluindo em todas as áreas. Queremos, acima de tudo, ser melhores do que na temporada passada”, avaliou o explosivo atleta. 

Grizzlies pode surpreender novamente?

Se Morant já se vê entre os melhores armadores da NBA, a trajetória do Grizzlies até o topo parece muito mais longa. A equipe é essencialmente jovem, está em um processo de reconstrução e segue apostando em longo prazo apesar dos resultados animadores que já acumula. Todos sabem que um título para Memphis nos próximos três anos é improvável, mas o potencial astro pode ver o “espírito campeão” crescendo no elenco. 

“Nós estamos no caminho para chegarmos ao topo. Jogamos muito bem na temporada passada. Tivemos que derrotar ótimos times e passamos por muita coisa para chegar aos playoffs, sobrevivemos ao play-in. Não é fácil vencer nessa liga, mas já provamos que temos capacidade de lutar contra qualquer um. Quando pisamos em quadra, nós sabemos que é uma batalha – e lutamos até o fim”, concluiu o talentoso armador. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER