Boston Celtics foi um dos candidatos a adquirir o astro James Harden antes de sua saída do Houston Rockets, na última temporada. E a transação travou não só por causa da melhor oferta do Brooklyn Nets, mas também porque o time não quis envolver um jogador nas conversas. O comentarista Kendrick Perkins revelou que o Celtics perdeu a oportunidade de trocar por Harden por não aceitar abrir mão de Jaylen Brown. 

  

“Lembro que, no ano passado, fiquei no telefone por uma hora com Danny Ainge [ex-presidente da franquia] nessa mesma época do ano. Times estavam conversando com Houston por James e, aliás, sei que eles queriam Jaylen. Então, no meio da conversa, Danny me pergunta se trocaria um pelo outro. ‘Perk, você cederia Jaylen por James’?”, contou o ex-pivô, em entrevista a uma emissora de televisão de Boston. 

Perkins, primeiramente, faz questão de admitir que não é o avaliador mais imparcial sobre Brown. O ex-jogador é um fã declarado do basquete do jovem desde o início da carreira, mesmo após uma temporada de calouro abaixo do esperado. O comentarista notabilizou-se, por exemplo, por ter dito que aponta o ala como o principal talento de Boston, acima de Jayson Tatum 

 

“Eu fiquei surpreso, mas respondi. ‘Você sabe como gosto de Jaylen, porém, por James, trocaria. E, então, Danny me surpreendeu. Ele perguntou se estava brincando com sua cara. Garantiu, logo depois, que não faria a negociação. Disse-me que Jaylen não iria a lugar nenhum porque não tinha nem 25 anos de idade e não parava de melhorar como jogador”, lembrou o veterano, campeão da NBA pelo Celtics, em 2008. 

Para Perkins, Ainge acertou 

Ainge realmente cumpriu a sua palavra após o telefonema com Perkins. Ele decidiu não trocar Brown por Harden e, por isso, conversas entre Celtics e Rockets não evoluíram. Quem evoluiu foi o jogador do Celtics, que fez a melhor temporada de sua carreira e acabou sendo desfalque sentido pelo time nos playoffs. Ainge avalia que o dirigente, afinal, estava certo e ele errou em seu julgamento.     

 

“O que aconteceu depois? Do nada, Danny não fez a troca e Jaylen foi a revelação da temporada. Ele virou all-star e, além disso, continua melhorando. Esse garoto é um verdadeiro e consumado profissional, que trabalha duro e impressiona a cada partida. Lembro que as pessoas costumavam dizer que ele não é apreciado o bastante, mas, hoje, acho que todos já apreciam o seu basquete apropriadamente”, concluiu. 

Nos três primeiros jogos da atual temporada, Brown registra médias de 28.3 pontos, 7.3 rebotes, 3.0 assistências e 2.0 roubos de bola. O atleta de 25 anos, além disso, acertou pouco mais de 39% de aproveitamento nos arremessos de longa distância. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER