O Brooklyn Nets foi eliminado, após prorrogação, pelo Milwaukee Bucks na semifinal de conferência. Um lance inusitado, porém, poderia ter mudado tudo quando o astro Kevin Durant empatou o jogo, ao pisar na linha de três por muito pouco e o jogador acredita que o pé grande atrapalhou a classificação do Nets para as finais de conferência.

“Como o meu pé grande atrapalhou a nossa classificação”, disse Durant, autor de 48 pontos no embate. “Meu pé grande pisou na linha de três. Eu vi um espaço para arremessar, como estive perto de acabar com a temporada deles com aquele arremesso, mas não era o plano de Deus, então seguimos em frente. Foi um grande arremesso, mas eu já tive outros melhores na carreira”.

Durant pensou ter conseguido a cesta que deixaria o Nets na frente. No entanto, ao ter pisado na linha, ele empatou o jogo em 109 pontos, restando pouco mais de um segundo para o fim. No tempo-extra, entretanto, o Nets anotou apenas dois pontos, enquanto o Bucks fez seis, concretizando a eliminação.

“Nós tivemos muitos problemas com lesões durante toda a temporada”, afirmou o técnico Steve Nash. “Eu ainda acho que poderíamos ter vencido, mesmo sem Kyrie Irving e com James Harden jogando com uma perna só. Claramente, nós provamos que poderíamos ter vencido. Estivemos muito perto disso. Tivemos muitos obstáculos esse ano, mas nossos jogadores deram tudo o que poderiam dar em quadra”.

De fato, o trio só entrou junto em quadra em 20 oportunidades, incluindo os playoffs. O próprio Durant perdeu 37 partidas por lesões ou por protocolos de segurança e saúde da NBA, enquanto Harden ficou de fora de 28 jogos e Irving, de 18.

Durant, que calça 55, possui contrato garantido com o Nets até a temporada que vem. No ano seguinte, ele possui opção em seu acordo, no valor de US$42.7 milhões. Em 2020-21, ele obteve médias de 26.9 pontos, 7.1 rebotes e 5.6 assistências, além de um aproveitamento de 45% nos arremessos de três.