O Golden State Warriors reagiu rápido a uma das notícias mais devastadoras que o time já recebeu em tempos recentes e fez uma manobra bem ousada no mercado. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o Warriors está finalizando os últimos detalhes para adquirir o ala-armador Kelly Oubre Jr. como substituto do contundido Klay Thompson na próxima temporada. A franquia cederá uma escolha protegida TOP 20 do próximo draft para que a negociação com o Oklahoma City Thunder seja viabilizada. 

Os californianos vão simplesmente “absorver” o contrato do jogador de 24 anos, que possui vínculo expirante de US$14.4 milhões, em sua folha salarial utilizando parte de uma exceção para trocas no valor de US$17.2 milhões que detém no momento. Esse investimento, porém, projeta ser muito mais caro para os cofres de Golden State: eles vão pagar, além dos vencimentos do jovem, cerca de US$70 milhões extras apenas em multas por exceder o teto da liga. 

Ao ser questionado sobre a aquisição encaminhada de Oubre, o gerente-geral Bob Myers fez questão de exaltar a disposição dos donos do Warriors em assumir um gasto de tal ordem, em tempos de pandemia, para manter as chances de título do time vivas. “Nós estamos explorando várias opções, mas não é porque ele está aqui perto que vou dizer isso: tenho muita sorte por trabalhar para um grupo de mandatários como o nosso. Joe Lacob quer vencer tanto quanto qualquer um de nós”, garantiu o executivo. 

Thompson sofreu uma ruptura do tendão de Aquiles direito nessa quarta-feira, durante um treinamento informal, e está confirmado como ausência até o final da temporada. A lesão acontece após o astro de 30 anos ficar fora de ação por 16 meses em recuperação de um rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho. Na última offseason, mesmo já lesionado, o arremessador recebeu uma extensão contratual de cerca de US$190 milhões por cinco temporadas. 

Oubre participou de 56 jogos da última temporada do Phoenix Suns, mas não atuou na “bolha” e acabou envolvido na troca que levou o astro Chris Paul para o Arizona. Sua passagem pelo Oklahoma City Thunder, como esperado, foi muito breve. Ele registrou médias de 18.7 pontos, 6.4 rebotes e 1.3 roubos de bola em quase 35 minutos de ação por noite. 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook