Kyrie Irving está no mundo da Lua. O fato de um dos melhores jogadores da NBA não estar atuando no momento é culpa exclusiva dele. O astro do Brooklyn Nets segue afastado pela equipe até que sua situação seja resolvida. Agora, qual será tal solução? Até o momento, ela não existe.

Irving parece uma criança mimada. Deu birra na frente da farmácia porque não quer tomar injeção, enquanto os pais dizem que ele só vai poder brincar de bola se ele cumprir com a sua obrigação. Depois, ele faz uma live em seu canal para adolescentes no Youtube, provando ser completamente fora da caixinha. Seus responsáveis viram a “apresentação” do pimpolho e colocaram ele de castigo.

Sinceramente, não entendo como ainda tem gente que defende esse tipo de comportamento. Você, que é pai, jamais aceitaria uma situação assim. Por que, então, a NBA (mãe) e o Nets (pai) agem assim? Você realmente acha que a liga e o time gostariam de não contar com uma de suas maiores estrelas? É óbvio que não! Quem perde, em salários, é ele, mas nós, como fãs de basquete, também sentimos sua falta.

O Nets não tinha um plano B para a ausência de Irving. A expectativa era de que ele atuasse na imensa maioria das partidas, porém sabemos que não vai acontecer. Primeiro, porque a cidade de Nova York proibiu a participação de jogadores residentes na cidade sem vacina em ambientes fechados. Ou seja, ele já perderia, automaticamente, 41 partidas. Com isso, ele também não poderia atuar lá em jogos de playoffs. O prejuízo técnico é gigantesco para quem investiu tanto em um atleta.

ALTERNATIVAS

O Brooklyn Nets pode não ter muitas alternativas a não ser trocar o jogador. Claro que não era o que a equipe queria, mas é sabido que Kyrie Irving vai seguir no mundo da Lua e nao vai querer tomar a vacina. Aliás, não se trata de uma escolha pessoal, como algumas pessoas costumam dizer. Ele não é um eremita. O cara vive em sociedade, treina com outros atletas, viaja, passeia e tudo mais. Embora não seja obrigatória, a vacina mostrou níveis satisfatórios de evolução e, com ela, casos de mortes e internações despencaram em todo o planeta.

Ele poderia utilizar inúmeros argumentos para não se proteger, mas sempre estará errado. É inadmissível um cidadão como ele não pensar no próximo. Por mais que ele tenha uma “gripezinha”, outras pessoas de sua convivência podem sofrer com o seu descaso. Pergunte a Karl-Anthony Towns, seu colega de NBA, o que é perder vários familiares.

Uma negociação, porém, não é nada fácil. Irving recebe um salário altíssimo e, seja lá para onde ele for, será necessário abrir mão de um astro ou alguém com potencial. É a lei natural da NBA. Se ele não serve em um lugar, ele vai poder servir em outro. Para os dirigentes do Nets é um grande negócio.

A situação de Ben Simmons no Philadelphia 76ers está sendo monitorada por toda a liga e todos sabem que não existe clima para o australiano por lá. Sim, Simmons está em baixa, mas Irving não está? A temporada já começou e ele praticamente não treinou. O Sixers ganharia um armador de calibre All Star, cestinha e que poderia ter um ótimo encaixe com Joel Embiid. Por outro lado, o Nets teria um armador alto, excepcional na defesa, com ótima visão de quadra.

OUTROS CASOS DE KYRIE IRVING NO MUNDO DA LUA

  • Kyrie Irving acredita que a Terra é plana, algo refutado pela ciência há séculos
  • Ele acredita em teorias da conspiração
  • Quis deixar o Cleveland Cavaliers para ser protagonista no Boston Celtics porque não gostava de ficar abaixo de LeBron James
  • Ele tumultuou o ambiente nos vestiários, causando discussões, literalmente, toda semana
  • Quando enfrentou o Celtics, Irving pisou no logo da equipe, em sinal de desrespeito
  • Especulou se aposentar, caso seja trocado pelo Nets

Lucas Silva e Silva ficaria orgulhoso ou não de Kyrie Irving?

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER