O derrota diante do Sacramento Kings deverá ser apenas o primeiro de alguns jogos em que o Los Angeles Lakers não vai contar com LeBron James. Segundo Adrian Wojnarowski e Brian Windhorst, da ESPN, a equipe projeta atuar desfalcada do astro por múltiplas partidas e não pretende apressar seu retorno às quadras. A lesão na virilha do ala, no entanto, é definida como “leve” e não preocupa o time.

Oficialmente, a equipe angelina só informa que o craque está sendo avaliado dia a dia e não tem previsão de volta às atividades com o resto do elenco. Estabelecer prazo de recuperação para o jogador, que completará 34 anos neste domingo, é especialmente complicado por causa de seu minúsculo histórico de contusões na carreira – que não inclui um problema sequer na virilha.

“Uma coisa que eu aprendi atuando com alguns dos maiores jogadores de todos os tempos é que você nunca conta com eles fora de uma partida. Então, obviamente, nós não vamos apressá-lo. Mas, ao mesmo tempo, não estou antecipando nenhum período de afastamento”, contou o técnico do Lakers, o ex-ala Luke Walton.

LeBron é constantemente comparado a uma máquina por sua durabilidade física, nunca tendo perdido mais do que 13 jogos em uma temporada – por contusão, problemas pessoais ou poupado. Em sua 16ª campanha na NBA, o quatro vezes MVP da liga acumula médias de 27.3 pontos (com 51.8% de acerto nos tiros de quadra), 8.3 rebotes e 7.1 assistências em 34 partidas disputadas.