Duas decisões bastante questionadas da temporada do Los Angeles Lakers foram a contratação de Andre Drummond e entrega imediata de vaga no quinteto titular ao reforço. E, após os campeões serem eliminados já na primeira rodada dos playoffs, alguns dos detalhes por trás dessa estranha história começam a ser esclarecidos. De acordo com Marc Stein, do jornal The New York Times, os angelinos prometeram um posto no time inicial para conseguirem recrutar o pivô.

A equipe californiana tinha consciência de que enfrentaria uma concorrência “pesada” pelo experiente jogador assim que ficasse disponível, com o Brooklyn Nets e Dallas Mavericks como dois dos interessados em seus serviços. Então, segundo o jornalista, executivos teriam “vendido” a titularidade como maneira de encerrar as negociações rapidamente e sem dar chance aos rivais. Essa demoção repentina do quinteto inicial, inclusive, causou mal-estar com o veterano Marc Gasol.

A performance abaixo do esperado de Drummond, porém, parece não ter mudado a noção interna de que o Lakers tomou a decisão certa ao contratá-lo. Múltiplas fontes confirmam que o time possui interesse na renovação contratual com o pivô de 27 anos, estendendo a sua estadia em Los Angeles. O treinador Frank Vogel e o gerente-geral Rob Pelinka já defenderam o desempenho do atleta e dizem querer que ele permaneça no elenco para a próxima temporada.

“Andre foi ótimo para a nossa equipe. Estamos esperançosos de que a renovação será acertada e vai torná-lo um Laker por vários anos. Ele jogou realmente bem e foi uma excelente adição a nossa cultura. É um cara que entrosou-se perfeitamente com todo mundo aqui, bastante querido dentro do vestiário. Torcemos para que siga conosco”, elogiou Vogel, que só não o utilizou por opção técnico-tática no sexto e último jogo da série contra o Phoenix Suns.

Drummond chegou ao Lakers logo depois da trade deadline da temporada, após ter sido dispensado pelo Cleveland Cavaliers como fim de uma curta passagem pela equipe de Ohio. Ele estava afastado do elenco e não atuava há mais de um mês pelo antigo time, mas isso não o impediu de assumir a titularidade angelina logo em seu primeiro jogo. Em 22 jogos disputados com os californianos na campanha regular, o jogador registra médias de 11.9 pontos e 10.2 rebotes.