Os rumores sobre o Los Angeles Lakers seguem em alta. O time californiano, campeão pela décima sétima vez em sua história no domingo passado, estaria pensando em diversas possibilidades para o futuro próximo. De acordo com Sean Devaney, do site Heavy.com, o Lakers pode fazer uma troca por Derrick Rose, do Detroit Pistons.

Rose já esteve muito próximo de atuar pelo time californiano em 2019-20, então o interesse existe há algum tempo. Além disso, ele já jogou ao lado de LeBron James, mesmo que por um curto período no Cleveland Cavaliers, em 2017-18. Com a desistência de Rajon Rondo de seguir com seu contrato para a próxima campanha, o atleta faria, agora, ainda mais sentido em Los Angeles do que nunca.

Segundo Devaney, um GM informou a ele que a possibilidade nunca foi tão grande quanto no atual momento, especialmente por conta do título. O Pistons negociou Andre Drummond para o Cleveland Cavaliers e dispensou Reggie Jackson (que foi para o Los Angeles Clippers) e Markieff Morris (assinou com o Lakers), então não teria grandes problemas em realizar uma troca envolvendo Rose. Na época em que os times conversaram, o Lakers ofereceu Alex Caruso e uma escolha de draft. O Pistons queria Kyle Kuzma.

Para 2020-21, Rose tem um contrato expirante no valor de US$7.6 milhões. Mesmo que Rondo, eventualmente, aceite retornar por uma temporada, o time de Los Angeles ainda teria interesse em negociar pelo MVP de 2011. A grande questão fica por conta das inúmeras lesões sofridas. O armador não atua em, pelo menos, 66 jogos, desde 2015-15 e, por mais que tenha feito 18.1 pontos e 5.6 assistências na campanha passada, a movimentação seria de risco. A expectativa é que aconteça algum tipo de conversa nas próximas semanas pelo atleta, de 32 anos.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:    

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook