O Los Angeles Lakers não vem bem na temporada, mas quando o seu principal jogador causa um problema, é sinal que existem outros. O astro LeBron James deu uma cotovelada no pivô Isaiah Stewart, do Detroit Pistons, durante o terceiro período, foi expulso e, agora, deverá ser suspenso. Como resultado, o jogador de Detroit teve um corte na região do supercilio. O Lakers venceu por 121 a 116.

Com muito sangramento perto do olho direito, Stewart não gostou do ato de LeBron e partiu para cima do jogador do Lakers. O atleta ficou muito irritado e, então, passou a perseguir James. Enquanto isso, no ginásio do Pistons, era possível ouvir pedidos para que os torcedores não saíssem de seus lugares.

LeBron havia retornado às quadras na última sexta-feira, após oito jogos fora por conta de uma lesão abdominal, mas a equipe foi derrotada pelo Boston Celtics. Enquanto isso, o Lakers caiu para o nono lugar do Oeste, com oito vitórias e nove derrotas. Com o triunfo deste domingo, agora, soma nove triunfos.

Enquanto isso, LeBron, pela cotovelada, foi expulso apenas pela segunda vez na carreira, mas deve ser suspenso por, pelo menos, um jogo. Ele terminou com dez pontos e cinco asisstências em cerca de 21 minutos de ação. Por outro lado, Stewart, que está em seu segundo ano na NBA, pode sofrer uma punição ainda maior que a do camisa 6 de Los Angeles.

Veja o lance:

Vale lembrar que, em 2003-04, o Pistons esteve envolvido na maior briga de todos os tempos na NBA, quando Ben Wallace e Ron Artest causaram o tumulto. Recentemente, a Netflix lançou um documentário sobre o ocorrido.

Acredita-se que a NBA deverá anunciar as punições nesta segunda-feira, após análises de vídeo.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER