Os atuais campeões da NBA ainda não sabem se terão vaga direta nos playoffs, mas uma coisa parece certa: o principal jogador do time não vai iniciar a disputa da mata-mata em condições físicas ideais. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o ala LeBron James não deverá estar totalmente recuperado de uma torção no tornozelo para defender o Los Angeles Lakers nos playoffs. Internamente, por sinal, a equipe já trabalha com essa perspectiva para o começo da pós-temporada.

“A atual preocupação do Lakers é que o tornozelo de LeBron não vai ficar muito melhor do que está. Parece certo que ele terá que jogar com dores e desconforto nos playoffs. Não vai ser devidamente recuperado até a offseason, provavelmente. Então, vai existir uma responsabilidade ainda maior nas costas de Anthony Davis e a dúvida que paira é quanto LeBron poderá ser efetivo”, relatou o repórter, sugerindo que o cenário já está armado para que o astro atue no “sacrifício” nas próximas semanas.

James sofreu uma entorse na região alta do tornozelo direito em março, durante jogo diante do Atlanta Hawks, e ficou fora de ação por seis semanas – o maior período de afastamento em quase duas décadas de carreira. Ele retornou às quadras no começo desse mês, depois de 20 partidas ausente, mas teria reagravado a lesão após só dois duelos. O craque de 36 anos está afastado desde então, com reportadas dificuldades para mudança de direção e limitações de explosão.

Segundo Shams Charania, do portal The Athletic, o veterano ala pretende retornar ao time nessa semana para competir em algumas partidas e tentar adquirir ritmo de jogo antes do início dos playoffs. A tendência é que a sua volta aconteça na terça e quarta-feira, nos duelos como mandante contra New York Knicks e Houston Rockets. A volta seria providencial para os angelinos, que dependem de vitórias nesses duelos para tentar “escapar” do play-in, a repescagem dos playoffs do Oeste.

É preciso lembrar que James não é a única baixa com que o Lakers lida no momento: Dennis Schroder está fora de ação por conta dos protocolos de saúde e segurança da NBA, enquanto atletas como Alex Caruso, Kyle Kuzma e Talen Horton-Tucker tem sido presenças “instáveis” nos últimos jogos. Candidato a MVP da temporada até a lesão, o quatro vezes recipiente do prêmio registra médias de 25.0 pontos, 7.9 rebotes e 7.8 assistências em 43 partidas disputadas na campanha.