O Atlanta Hawks terá de se virar sem o seu melhor jogador nas próximas partidas. O armador Trae Young sofreu uma torção no tornozelo durante a derrota para o New York Knicks, na última quarta-feira e deverá perder cerca de três semanas de ação. Segundo o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN, trata-se de uma torção de grau dois.

De acordo com o repórter Jeff Stotts, do site In Street Clothes, este tipo de lesão leva cerca de 18 dias para um jogador retornar às quadras. Assim, Young voltaria para os últimos quatro jogos da fase regular. Com a derrota para o Knicks, o Hawks caiu para o quinto lugar da conferência Leste, com 32 vitórias e 27 derrotas.

“Os exames preliminares não indicaram nenhuma lesão mais grave”, afirmou o técnico Nate McMillan. “Espero poder contar com ele o mais rápido possível, mas ele está bem, está calmo e feliz pelos resultados”.

O tornozelo ficou muito inchado no momento da contusão, mas os médicos indicaram que o jogador deverá começar o processo de reabilitação nos próximos dias, assim que o desconforto e a sensação de dores no local diminuírem.

Enquanto estiver fora, o atleta deverá ser substituído por Brandon Goodwin no quinteto titular. Em três partidas que fez no lugar de Young, Goodwin obteve 15.0 pontos, 5.3 assistências e acertou 50% dos lances de três (8 em 16 tentativas). No entanto, McMillan deverá utilizar Bogdan Bogdanovic e Kevin Huerter em parte do tempo na organização das jogadas, enquanto o veterano Lou Williams será a primeira opção do banco de reservas.

Young, de 22 anos, está em sua terceira temporada na NBA, tendo participado do Jogo das Estrelas na campanha passada. Em 54 partidas, ele registra médias de 25.3 pontos, 9.6 assistências, além de um aproveitamento de 35.7% nos arremessos de três.