Agora é oficial: liberado pelo Sacramento Kings, o sérvio Bogdan Bogdanovic é o novo reforço do Atlanta Hawks. Segundo Adrian Wojnarowski, da ESPN, a franquia californiana abdicou o direito de igualar a proposta de US$72 milhões por quatro temporadas recebida pelo agente livre restrito e permitiu sua saída para o Atlanta Hawks. A decisão foi tomada na noite desta terça-feira, ao término do período de 48 horas estipulado pela liga.

“Muito obrigado, Kings, por dar-me as boas-vindas e mostrar tanto amor no início de minha carreira na NBA. Obrigado por terem permitido que fosse eu mesmo e perseguisse meus sonhos! Agradeço os fãs pela recepção e terem dado apoio a cada momento. Sentirei falta de todos meus amigos, companheiros de elenco e uma das melhores bases de fãs dessa liga. Valeu por tudo!”, agradeceu o atleta, por meio de suas redes sociais.

Wojnarowski apurou que a resolução de não igualar a oferta foi assumida pelo GM Monte McNair, que deu preferência a manter a flexibilidade financeira da equipe para a montagem do elenco em torno de De’Aaron Fox, Marvin Bagley e Buddy Hield do que fazer um grande e longo investimento. Além disso, Bogdanovic teria sido liberado porque supostamente já havia informado que não deseja seguir no Kings e quer jogar pelo Hawks.

Para Atlanta, a contratação do jogador de 28 anos e titular da seleção da Sérvia provavelmente fecha uma offseason de grandes investimentos e a chegada de reforços importantes na direção de recolocar a franquia nos playoffs. Antes do atleta de Sacramento, os executivos da Geórgia já haviam fechado as adições de Danilo Gallinari, Kris Dunn e do atual campeão da NBA Rajon Rondo.

Abrir mão de Bogdanovic, que também interessava a Milwaukee Bucks e Indiana Pacers, tornou-se mais factível para o Kings depois da (inesperada) escolha do armador Tyrese Haliburton com a 12ª escolha do último draft – visto como um dos prospectos mais seguros do recrutamento. Em 61 partidas disputadas na temporada passada, o ala-armador europeu anotou médias 15.1 pontos, 3.4 rebotes e 3.4 assistências em 29.0 minutos de ação por noite.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece no “Balcão de Negócios” da agência livre da NBA:

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook