O Phoenix Suns surpreendeu os torcedores e analistas ao superar favoritos e conquistar o título de conferência nesse ano. Liderado pelo veterano Chris Paul e o jovem Devin Booker, a equipe voltou às finais da NBA após três décadas. Um ex-atleta da franquia, porém, não está tão otimista com a perspectiva de bicampeonato. Para Matt Barnes, o Suns vai ter muito trabalho e não será campeão do Oeste novamente em 2022.   

 

“Eu adoro Chris. Adoro Devin. Experiência, no fim das contas, é o melhor professor que se pode ter e Phoenix tem isso agora. Eles estão, definitivamente, no meio do debate. Mas, se o Oeste estiver saudável, será uma competição pesada. Será muito duro para vencerem mais uma vez. Com todo o respeito, eu não apostaria o meu dinheiro neles hoje”, confessou o ex-ala, em participação no programa “The Jump”, da ESPN. 

A atração também contava com a participação de outro ex-ala, Richard Jefferson, que seguiu a opinião do colega. “O time é extremamente talentoso, ganharam confiança com tudo o que passaram nos playoffs e claro que vai ser uma das quatro ou cinco melhores equipes da conferência, mas é duro. Só que, com todos os oponentes saudáveis, poderá pesar o fato de ser o time mais fadigado pela última temporada”, especulou.  

 

Tempestade perfeita

A equipe do Arizona teve, de fato, vários fatores intercedendo em seu favor ao longo da campanha. Foi um elenco que seguiu muito saudável, por exemplo, em uma temporada marcada por volume frustrante de lesões. Jogadores como Deandre Ayton e Cameron Johnson viveram seus prováveis – e inesperados – melhores momentos nos playoffs. Por isso, Barnes não acha que o campeão do Oeste em 2022 acabará sendo o Suns.   

“Phoenix tem um grande elenco jovem, comandado por um dos melhores armadores e líderes da história desse jogo. Mas a verdade é que esse time excedeu as expectativas por muito na temporada passada e chegaram ‘quentes’, no auge, na hora certa. Foi a tempestade perfeita. Muita coisa foi ideal para fazerem o que fizeram nesse ano e vai ser duro repetir isso agora”, previu o ex-jogador, em tom pessimista. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER