O astro Donovan Mitchell, mais uma vez, conduziu o Utah Jazz ao triunfo sobre o Los Angeles Clippers, deixando a série de playoffs da conferência Oeste em 2 a 0. Mitchell anotou 27 de seus 34 pontos no primeiro tempo. Jogando em casa, o Jazz chegou a liderar por 21 pontos no terceiro quarto e chegou a tomar a virada, mas a equipe de Utah confirmou o resultado e o mando de quadra.

Mais uma vez sem Mike Conley (lesão na posterior da coxa direita), o Jazz teve Mitchell inspirado nos 12 minutos iniciais, anotando 14 pontos, sendo dez consecutivos para deixar a equipe de Salt Lake City na frente por 30 a 29. Com o excesso de faltas de Ivica Zubac, o técnico Tyronn Lue utilizou o ex-All Star DeMarcus Cousins em boa parte do primeiro tempo para enfrentar Rudy Gobert. O Jazz abriu dez pontos, mas logo o Clippers encostou, cortando a diferença para dois. No entanto, os donos da casa “pegaram fogo” nos minutos derradeiros antes do intervalo e fizeram 14 pontos contra três de Los Angeles para finalizar em 66 a 53.

No início da segunda etapa, o Jazz abriu 21 pontos, após cesta de três de Mitchell. Pouco depois, Reggie Jackson, apagado no primeiro tempo, anotou sete pontos seguidos e a diferença caiu para 12. Com problemas de faltas, Leonard acertou de três para o Clippers e o placar apontava 76 a 67 para a equipe de Salt Lake City. Bogdan Bogdanovic e Jordan Clarkson fizeram de três e o Jazz liderava por 82 a 69. A diferença caiu para quatro, mas Clarkson acertou duas seguidas de longa distância para deixar sua equipe na frente por 91 a 81.

No quarto derradeiro, Jackson fez duas de três consecutivas para virar o placar em 101 a 99 para o Clippers. O Jazz retomou a liderança pouco depois, quando Bogdanovic acertou de três. Os anfitriões lideravam por 104 a 101, restando cerca de seis minutos para o fim. Depois, em dois lances diferentes que resultaram em três pontos para o Jazz, a equipe vencia por 110 a 103. Joe Ingles, sem marcação alguma, ampliou a vantagem para dez. O Clippers ainda tentou reagir nos últimos instantes, mas sem chances de reverter.

A terceira partida da série acontece no próximo sábado, às 21h30 (horário de Brasília).

(0) Los Angeles Clippers 111 x 117 Utah Jazz (2)

Destaques

Los Angeles

Reggie Jackson: 29 pontos
Paul George: 27 pontos, dez rebotes, seis assistências
Kawhi Leonard: 21 pontos, cinco assistências, quatro rebotes

Utah

Donovan Mitchell: 37 pontos, quatro assistências, 6-12 em três pontos
Jordan Clarkson: 24 pontos, 6-9 em três pontos
Joe Ingles: 19 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Bogdan Bogdanovic: 16 pontos, 5-8 em arremessos
Rudy Gobert: 13 pontos, 20 rebotes, três bloqueios

 

O Milwaukee Bucks superou o Brooklyn Nets na noite de quinta-feira em um jogo atípico para os dias de hoje. Nenhuma das equipes anotou, ao menos, 90 pontos. Khris Middleton e Giannis Antetokounmpo foram os únicos com dígitos duplos pelos donos da casa e, não por menos, foram responsáveis por 79% (somados) dos pontos da equipe, a maior marca de todos os tempos nos playoffs. Kevin Durant anotou 30 pontos, enquanto Kyrie Irving fez 22. O problema é que, somados, eles converteram 40% dos arremessos.

O primeiro quarto mostrou o Bucks imparável e venceu, parcialmente, por 30 a 11. No entanto, a situação se inverteu rapidamente no segundo período e o Nets encostou no placar. Ao fim do primeiro tempo, os anfitriões lideravam por 45 a 42.

Na volta do intervalo, muito equilíbrio, mas o Bucks seguia na frente. Antetokounmpo forçava o arremesso de três, pois, por incrível que pareça, Blake Griffin estava fazendo um grande trabalho defensivo no garrafão. Porém, do outro lado, a área pintada também estava intransponível, com Brook Lopez rejeitando vários arremessos, ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, quando os oponentes conseguiam pontuar ali.

Nos instantes finais, o Nets vencia por 83 a 82, após cesta de três de Durant. Depois, Jrue Holiday, em ação individual, driblou desde a sua quadra até fazer bandeja e virar o placar. O Nets pediu tempo, mas a posse de bola começou desastrosa. Sobrou para Bruce Brown, que atacou a cesta contra Lopez e, mesmo com oito segundos para o fim e, com um tempo a ser pedido, arriscou a bandeja. Em vão. Middleton sofreu falta, restando 2.1 segundos e acertou dois lances livres para deixar em 86 a 83. No lance derradeiro, Durant, de muito longe e desequilibrado, não conseguiu o empate e o Bucks garantiu o triunfo.

A quarta partida acontece no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), mais uma vez em Milwaukee.

(2) Brooklyn Nets 83 x 86 Milwaukee Bucks (1)

Destaques

Brooklyn

Kevin Durant: 30 pontos, 11 rebotes, cinco assistências, quatro roubadas, 11-28 em arremessos
Kyrie Irving: 22 pontos, cinco rebotes, três roubadas, 9-22 em arremessos
Bruce Brown: 16 pontos, 11 rebotes

Milwaukee

Khris Middleton: 35 pontos, 15 rebotes
Giannis Antetokounmpo: 33 pontos, 14 rebotes, cinco erros de ataque, 4-9 em lances livres
Brook Lopez: três pontos, 11 rebotes, seis bloqueios