Nate Bjorkgren é o novo técnico do Indiana Pacers. A notícia foi divulgada na tarde desta terça-feira (20) pelo jornalista Shams Charania, do site The Athletic, e confirmada pouco depois pela franquia. Os valores e o tempo de contrato não foram revelados.

“Estamos muito satisfeitos e entusiasmados por termos Nate como nosso novo treinador. Esta foi uma pesquisa extensa e minuciosa e, quando chegamos à conclusão, sentimos fortemente que Nate é o treinador certo para nós, no momento certo. Ele vem de uma vitória histórica, é inovador e suas habilidades de comunicação, junto com sua positividade, são tremendas. Todos esperamos uma parceria longa e bem-sucedida para ajudar o Pacers a seguir em frente”, disse Kevin Pritchard, presidente de operações de basquete da franquia.

Bjorkgren, de 45 anos, trabalhou nas últimas duas temporadas como o principal assistente de Nick Nurse, no Toronto Raptors, onde ajudou o time canadense a conquistar o título inédito da NBA, em 2019.

Anteriormente, ele havia sido assistente de Jeff Hornacek e Earl Watson no Phoenix Suns (2015-17) e treinador principal de três equipes da Liga de Desenvolvimento (G League): Bakersfield Jam (2014/15), Iowa Energy (2013/14) e Dakota Wizards / Santa Cruz Warriors (2011-2013). De 2007 a 2011, ele foi auxiliar de Nurse, seu amigo de longa data, no Energy.

“Estou honrado por assumir o papel como treinador do Indiana Pacers. Isso é algo para o qual tenho me preparado durante a carreira. Quero agradecer à direção da franquia por esta oportunidade. Também quero agradecer a Nick Nurse por ter me dado o primeiro trabalho de treinador profissional há 14 anos. Estou ansioso para trabalhar com esta grande equipe para atingir o nosso objetivo de sermos campeões da NBA”, afirmou Bjorkgren.

O novo técnico do Pacers enfrentou uma concorrência pesada na disputa pelo cargo. A franquia de Indianápolis entrevistou uma dezena de candidatos, incluindo Mike D’Antoni, recém-demitido do comando do Houston Rockets; o ex-jogador Chauncey Billups; Becky Hammon, assistente de Gregg Popovich no San Antonio Spurs; Dave Joerger, ex-treinador do Sacramento Kings; Dan Craig e Chris Quinn, assistentes de Erik Spoelstra no Miami Heat; e Chris Finch, assistente de Alvin Gentry no New Orleans Pelicans, que era considerado o favorito.

Bjorkgren chega ao Pacers para implementar uma mudança no estilo de jogo da equipe (de cadenciado para um mais rápido e com mais espaçamento de quadra), um dos fatores que teria motivado a demissão de Nate McMillan. Em Indiana, ele vai reencontrar o ala TJ Warren, velho conhecido dos tempos de Suns.

Vale lembrar que o Pacers chegou aos playoffs nas últimas cinco temporadas, e, em todas elas, foi eliminado na primeira rodada.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:    

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook