O controverso Rich Paul está novamente no centro de uma polêmica nos bastidores da NBA. O pivô Nerlens Noel abriu processo contra a empresa Klutch Sports e o agente, conhecido por ser amigo e empresário do craque LeBron James, alegando quebra de contrato e negligência na condução de sua carreira. O atleta do New York Knicks, que acaba de renovar o seu vínculo, foi representado por Paul entre 2017 e 2020. 

 

O jogador responsabiliza o agente pela perda de US$58 milhões em salários potenciais por conta de aconselhamento equivocado e nunca ter oferecido o apoio necessário na recuperação de seu status na liga – algo previsto no acordo. A decisão de mover essa ação, que não estipula uma quantia específica para ressarcimento, aconteceu após a Klutch ter cobrado US$200 mil em comissões pelo último contrato do pivô. 

De acordo com Darren Heitner, do blog Sports Agent, Noel revela ter sido aliciado pelo empresário em um evento particular e levado a encerrar a sua parceria com o agente Happy Walters para contratá-lo. Paul teria aconselhado a recusar proposta de US$70 milhões por quatro temporadas do Dallas Mavericks, aceitar a oferta qualificatória do seu contrato (US$4.1 milhões) para tornar-se agente livre irrestrito posteriormente. 

 

Péssima decisão comprometeu carreira de Noel

A manobra, como todos sabem, revelou-se um fracasso: o especialista defensivo teve um ano marcado por lesões, sofreu uma fratura no polegar direito e foi desfalque em mais de 40 jogos da campanha. O seu valor de mercado desabou e ele alega ter sido “abandonado” pelo empresário, inclusive apresentando provas de que consultas e propostas de equipes não lhe foram repassadas na agência livre de 2018. 

“Durante a agência livre, Paul ou ninguém da Klutch Sports apresentou propostas reais para Nerlens em termos de estratégias para recuperar o seu valor percebido e garantir-lhe um vínculo de longo prazo. Não houve ofertas contratuais, ideias de abordagem ou sequer contato da empresa no primeiro dia de reabertura do mercado”, relata o processo, embasando as acusações de negligência e quebra de contrato. 

Noel terminaria o período assinando um contrato mínimo com o Oklahoma City Thunder – e nem isso ocorreu por intermédio de Paul. O jogador garante que a proposta do time chegou-lhe diretamente, após ter sido recrutado pelo astro Russell Westbrook. 

 

Outros jogadores apoiam acusação

O pivô defensivo encerrou sua relação com Paul no ano passado, após ficar sabendo que múltiplos jogadores de menor projeção na NBA acusam o empresário de ter prejudicado as suas carreiras por conta de uma postura negligente, só dando atenção e prestando o devido cuidado aos seus clientes de primeira linha. Outro atleta, citado nominalmente, com alegações semelhantes é o armador Norris Cole (ex-Miami Heat).  

O processo movido por Noel é mais um episódio controverso na carreira de Paul como agente, que foi impulsionada por seu primeiro cliente: o amigo LeBron James. Muitos colegas empresários e equipes contestam os seus métodos de captação de clientes e negociação. É fato que diversos jogadores dos times pelos quais o craque passou nos últimos anos são ou tornaram-se representados pela Klutch Sports. 

Até hoje, um segmento da comunidade de agentes da NBA pede esclarecimentos sobre a participação de LeBron na abertura e operações da firma liderada por Rich Paul. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER