Técnico do ano, Nick Nurse fecha extensão de contrato com o Raptors

Nick Nurse está garantido como técnico do Toronto Raptors para o início de uma nova década. A franquia anunciou ter fechado um acordo de extensão de contrato por múltiplos anos com o profissional de 53 anos, que acaba de ser eleito melhor treinador da temporada. Os termos do novo vínculo, que deve começar a vigorar ao término da próxima campanha, não foram revelados.

“Nossa confiança em Nick continua a crescer com tudo o que vivenciamos juntos. As últimas duas temporadas foram diferentes de tudo o que essa organização já viveu, com a conquista de um título da NBA, uma pandemia global e a luta da liga por justiça social. Nick provou que pode liderar um time tanto em quadra, quanto na vida. Estamos ansiosos pelo que está por vir”, exaltou o presidente de operações, Masai Ujiri, por meio de nota oficial.

Nurse viu uma carreira de três décadas como treinador passar por uma ascensão meteórica em junho de 2018, quando assumiu o comando do Raptors – primeira experiência como técnico principal na liga – e já liderou os canadenses ao inédito título da NBA. O time acabou eliminado nas semifinais de conferência na atual temporada, após uma batalha de sete jogos contra o Boston Celtics.

“Minha família e eu sempre vamos ser agradecidos pela oportunidade que recebi. Agradeço a Masai, os executivos e nossos atletas por sua confiança e trabalho duro. Toronto tem sido a minha casa pelos últimos sete anos e eu estou ansioso para que siga sendo por muitos mais. Vi essa franquia crescer, alcançar o topo e estou muito animado pelo desafio de ganharmos outro título”, afirmou o técnico, que também possui dois títulos da G-League em seu currículo.

Nurse possui o melhor aproveitamento da história da NBA como treinador principal nesse momento – impressionante 72.1% de vitórias –, registrando 111 triunfos em 154 partidas no cargo. Agora, a expectativa do Raptors volta-se para a extensão de contrato de Ujiri: muito cobiçado no mercado, o executivo de origem africana está sob contrato apenas até o fim da próxima temporada.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook