Insatisfação de jogadores, pedidos de saída e problemas internos já fazem parte do dia-a-dia do Sacramento Kings, uma das franquias mais disfuncionais da NBA atual. E mais uma inesperada e desnecessária polêmica abalou as estruturas do time nesse domingo. Um perfil no twitter gerenciado pelo pai de Marvin Bagley III postou uma mensagem deixando claro que gostaria de ver o filho envolvido em uma troca e saindo do Kings assim que possível.

“Sacramento, por favor, troquem Marvin o mais rápido possível. Com amor, treinador Bagley!”, publicou a conta Team Bagley TM, atribuída ao pai do jogador. O twitte veio em um momento, digamos, sugestivo: no dia anterior, o ala-pivô de 21 anos ficou no banco de reservas durante o último período inteiro, por opção do técnico Luke Walton, na derrota do time para o Houston Rockets. Ele anotou 12 pontos e nove rebotes em 25 minutos de ação no duelo. 

O comentário foi deletado minutos mais tarde, mas já havia sido tempo o bastante para que prints fossem tirados e atestassem a postagem. E, se a intenção era acabar com os “traços” da publicação impulsiva, Bagley Jr. cometeu mais um deslize: horas depois, ele retwittou uma matéria que repercutia exatamente o post que apagou. Nesse domingo, o jovem atleta começou a sua entrevista coletiva dizendo que não responderia nenhuma pergunta sobre o incidente. 

Mas a história não parou por aí e outro pai de jogador do Kings acabou se envolvendo. Em uma postagem paralela sobre o caso, o pai do armador De’Aaron Fox foi quem apareceu de surpresa com uma resposta muito simples e direta: “Troquem Marvin”. Escolhido na segunda posição do draft de 2018, Bagley disputou 81 partidas na NBA até o momento e registra médias de 14.6 pontos e 7.6 rebotes em pouco mais de 25 minutos de ação por noite. 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook