Para Goran Dragic, sucesso de Doncic e Jokic incomoda americanos

Esloveno alega que a falta de atleticismo dos astros foge dos padrões da NBA

dragic doncic jokic americanos Fonte: GARRETT ELLWOOD / AFP

É inegável que jogadores estrangeiros, sobretudo europeus, ganharam espaço e se destacam na NBA há alguns anos. A maior prova disso foi a corrida ao prêmio de MVP da última temporada. Afinal, na última classificação divulgada, cinco entre os dez primeiros colocados não nasceram nos Estados Unidos. Sob este ponto de vista, o esloveno Goran Dragic alegou que nomes como Nikola Jokic e Luka Doncic, incomodam os americanos.

Isso porque, Jokic, por exemplo, foi eleito MVP de forma consecutiva nas duas últimas temporadas. Vale lembrar, inclusive, que ele dono do maior contrato da história da NBA. Isso porque o Denver Nuggets ofereceu, nesta Agência Livre, uma extensão contratual de US$270 milhões por cinco anos.

Publicidade

Da mesma forma, Luka Doncic, que terminou na quinta posição do ranking, é considerado um dos jogadores mais promissores das últimas décadas e já provou isso quebrando uma série de recordes em apenas quatro anos na NBA.

No top 10 dos melhores jogadores de 2021/22, ainda estavam os estrangeiros Joel Embiid (camaronês – 2º lugar), Giannis Antetokounmpo (grego – 3º lugar) e Karl-Anthony Tonws (dominicano – 9º lugar).

Publicidade

Além disso, um dos pontos abordados por Dragic, em entrevista a um portal esportivo da Bulgária, é o fato de dois jogadores considerados pouco atléticos como Doncic e Jokic, causarem certa inveja em uma liga que valoriza tanto o atleticismo.

Leia mais!

“O QI de Jokic é tanto que ele está brincando com eles. Jokic não é rápido, ele não pula e isso levanta a dúvida neles: ‘como um homem pode jogar assim?’ Eles [jogadores da NBA] estão todos em boa forma, precisam ter seis por cento de gordura corporal e precisam pular. Então, acho que isso os deixa nervosos, e pensam ‘como ele e Luka podem jogar assim?'”, afirmou o novo jogador do Chicago Bulls.

Publicidade

O ponto levantado pelo armador, portanto, diz respeito sobre o fato de não serem jogadores exemplares na parte física, mas terem alta capacidade de pensar o jogo e executar movimentos de formas precisas. Este pensamento, afinal, vai na contramão de como é a NBA atual e a maioria dos esportes em geral: a valorização da parte atlética.

Mesmo assim, Dragic foi bem ao usar Jokic e Doncic como exemplos para sua teoria sobre causarem incômodo aos americanos que pregam o atleticismo. De fato, são dois jogadores considerados mais lentos, com menos músculos e mais massa corporal. Em contrapartida, se destacam pela leitura de jogo, técnica e qualidade nos arremessos.

Publicidade

Assine o canal Jumper Brasil no Youtube

Todas as informações da NBA estão no canal Jumper Brasil. Análises, estatísticas e dicas. Inscreva-se, dê o seu like e ative as notificações para não perder nada do nosso conteúdo.

Publicidade

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Twitter
Facebook
Grupo no Whatsapp
Canal no Telegram

Publicidade

Últimas Notícias

Comentários