A rodada do NBB nesta quarta-feira (7) contou com três grandes jogos realizados no Ginásio da ASCEB, em Brasília. Iniciando o dia, Pato Basquete garantiu uma vitória importante sobre Caxias do Sul. Na sequência, Paulistano bateu Pinheiros no clássico paulista. Finalizando a rodada, Cerrado foi derrotado pelo líder Flamengo, que poupou alguns titulares.

(9-21) Caxias do Sul 83 x 85 Pato Basquete (12-17)

 

Brigando por vaga nos playoffs do Novo Basquete Brasil (NBB), o Caxias do Sul encarou a jovem equipe do Pato Basquete, que mira uma posição na parte de cima da tabela. Após quarenta minutos de um duelo equilibrado, o time gaúcho construiu uma boa vantagem ao fim do quarto período, mas permitiu o empate dos paranaenses nos segundos finais. Na prorrogação, os caxienses novamente assumiram a ponta do placar e, na sequência, sofreram a virada. Mesmo sem Matheusinho e Funches, ejetados com cinco faltas no tempo regulamentar, os comandados de Dedé Barbosa lutaram e sacramentaram a décima segunda vitória do Pato na competição nacional.

O forte jogo coletivo do Pato Basquete, sobretudo nos momentos finais do duelo, foi nitidamente crucial para a vitória da equipe nesta tarde de quarta-feira. No entanto, dois jogadores destacaram-se individualmente. Em um de seus melhores jogos na carreira, Augusto foi o cestinha do time paranaense com 21 pontos. Além dele, Lucas Lacerda contribuiu com 20 pontos. Coletivamente, a equipe de Dedé Barbosa consolidou bons números: 39% de aproveitamento no perímetro e 42% nas bolas duplas. Entretanto, a intensidade foi baixa e os acertos na linha de lance livre (8/19) também. Outro ponto positivo do Pato no confronto foi o baixíssimo número de erros: somente seis.

Caxias, por sua vez, precisava da vitória para manter-se seguro na zona de classificação para os playoffs do NBB. O resultado, contudo, foi negativo e escapou duas vezes das mãos caxienses. Principal destaque da equipe na temporada, Antonio (25 pontos e oito rebotes) finalizou o revés como cestinha da partida. Apesar do baixo aproveitamento, como de praxe, o armador Nico Ferreyra anotou 18 pontos na derrota dos gaúchos. O time de Rodrigo Barbosa não foi tão efetivo nas bolas de três pontos (32% de aproveitamento), mas compensou com um aproveitamento decente nas bolas duplas (53%). Positivamente, Caxias do Sul dominou a batalha rebotes (44). Negativamente, errou mais que o Pato (14 erros).

(6-21) Pinheiros 47 x 69 Paulistano (19-8)

No clássico da capital, Pinheiros e Paulistano protagonizaram um duelo cascudo, mas de baixo nível técnico. Como de praxe, a equipe de Régis Marrelli fez um bom trabalho defensivo e mostrou uma certeza instabilidade no ataque. Entretanto, o resultado positivo veio com certa tranquilidade, visto que o adversário pouco produziu ao longo dos quarenta minutos. Os pinheirenses, que apenas tem jogos a cumprir no NBB, colecionaram mais uma atuação ruim nesta quarta-feira.

Um dos principais pontuadores do Paulistano na temporada, o ala-pivô Erik Thomas foi crucial na vitória vermelha e branca. Cestinha da partida, ele contribuiu com 17 pontos e sete rebotes. No garrafão, Maique e Du Sommer também foram essenciais combinando para 21 dos 69 pontos da equipe. Com força na área pintada, o CAP destacou-se na batalha dos rebotes, coletando 5o contra 32 dos rivais. Todavia, o desempenho ofensivo dos comandados de Régis Marrelli foi abaixo da média, porém compensado defensivamente.

Pelo Pinheiros, somente Guilherme Teichmann fez boa partida. O subestimado pivô pinheirense esteve em quadra por 24 minutos. Ao todo, foram 12 pontos e sete rebotes para o único destaque dos comandados de David Pelosini. Um reflexo da péssima partida do time paulista é, com certeza, o aproveitamento: 18% no perímetro e 40% nas bolas de dois pontos. O alto número de erros, 17, também chama a atenção negativamente.

(28-2) Flamengo 88 x 57 Cerrado (7-20)

Finalizando sua participação na primeira fase do NBB 2020/21, o Flamengo optou por jogar seu trigésimo jogo com um time misto. Poupando titulares e dando oportunidades a jovens, o rubro-negro dominou todo o duelo e garantiu uma vitória expressiva sobre o abatido Cerrado Basquete, que briga por vaga nos playoffs. O placar de 88 a 57 para os comandados de Gustavo de Conti reflete a dominância carioca na partida, sobretudo após intervalo. Os candangos, por sua vez, não tiveram uma boa atuação.

Aproveitando a oportunidade dada pelo técnico Gustavinho, Rafael Rachel foi o principal jogador do Flamengo nesta noite. O jovem flamenguista teve um duplo-duplo: 19 pontos e 13 rebotes. Camargo também mostrou serviço anotando 10 pontos. Além da dupla, os experientes Léo Demétrio e Jhonatan combinaram para 32 pontos. Com o ataque avassalador, o rubro-negro finalizou a vitória aproveitando ótimos 43% das bolas triplas e 44% das bolas duplas. O número de rebotes (49) foi alto.

Bem como Pinheiros, o Cerrado também fez uma partida abaixo da média ofensivamente. Dito isso, os destaques da equipe candanga são mínimos. Nick Wiggins, cestinha do time de Breno Lopes, contribuiu com 16 pontos em um bom desempenho na linha de dois pontos. O aproveitamento na linha de três pontos foi extremamente negativo: 14%. Nos dois pontos, o número subiu (475), mas não o suficiente.

Classificação

1- Flamengo: 28 vitórias e duas derrotas
2- Minas: 26 vitórias e quatro derrotas
3- São Paulo: 23 vitórias e sete derrotas
4- Paulistano: 20 vitórias e oito derrotas
5- Bauru: 17 vitórias e dez derrotas
6- Corinthians: 16 vitórias e 13 derrotas
7- Franca: 15 vitórias e 15 derrotas
8- Fortaleza Basquete Cearense: 14 vitórias e 14 derrotas
9- Unifacisa: 13 vitórias e 15 derrotas
10- Mogi: 13 vitórias e 15 derrotas
11- Pato Basquete: 12 vitórias e 17 derrotas
12- Caxias do Sul: nove vitórias e 21 derrotas
13- Cerrado: sete vitórias e 20 derrotas
14- Pinheiros: seis vitórias e 21 derrotas
15- Campo Mourão: cinco vitórias e 22 derrotas
16- Brasília: cinco vitórias e 24 derrotas

Jogos da semana

08/04: Mogi x Brasília (14h – Metrópoles), Campo Mourão x Corinthians (17h), Unifacisa x Bauru (20h – YouTube da Unifacisa)
09/04: Cerrado x Pinheiros (19h)
10/04: Unifacisa x Pato (12h – YouTube da Unifacisa), Bauru x Mogi (16h – TV Cultura / Facebook do NBB), Fortaleza Basquete Cearense x Campo Mourão (19h)
11/04: Cerrado x Paulistano (19h)