O ala-pivô Kristaps Porzingis estaria frustrado com seu papel no Dallas Mavericks. A informação é do repórter Tim MacMahon, da ESPN.

Segundo a publicação, o jogador letão de 25 anos não se sente como uma segunda estrela do Mavs e acha que está sendo deixado de lado. Porzingis estaria insatisfeito porque Luka Doncic domina a posse de bola e os holofotes da equipe. Contratado em 2019 para ser o “fiel escudeiro” do jovem astro esloveno, ele ainda não correspondeu às expectativas.

Durante a série contra o Los Angeles Clippers, em que o Mavs foi eliminado após sete partidas, Porzingis chegou a dizer que somente acata o que a comissão técnica lhe pede para fazer em quadra. No confronto, o jogador de 2,21m de altura foi usado pelo técnico Rick Carlisle, essencialmente, longe da cesta, para ajudar a espaçar a quadra.

Questionado como ele viu o seu papel no time nos duelos contra o Clippers, Porzingis respondeu: “essa é uma boa pergunta. Foi uma pequena batalha mental porque não é o que estou acostumado a fazer”.

Quando um repórter lhe perguntou o que achava de continuar exercendo essa função em quadra, ele disse: “hum, eu não sei. Faço a minha parte. Ouço os treinadores, o que me pedem para fazer, e pronto. O meu foco está naquilo que posso controlar. Quero melhorar fisicamente e na quadra. Vou trabalhar bastante na offseason para melhorar e, então, o resto das coisas se resolverá sozinho”, afirmou o camisa 6 do Mavs após a eliminação desse domingo.

A falta de interação em quadra entre Doncic e Porzingis tornou-se evidente nos últimos meses. Eles raramente se cumprimentam após as jogadas ou se comunicam diretamente um com o outro. Em abril deste ano, Porzingis foi questionado diretamente sobre isso e não fez nenhuma tentativa de minimizar o fato.

“Sim, estamos tentando jogar juntos e ajudar uns aos outros. Queremos vencer. No final, todos queremos vencer aqui, e é isso. Temos que continuar jogando juntos e continuar jogando bem e ajudando uns aos outros.”

Na primeira rodada dos playoffs deste ano, Porzingis teve médias de 13,1 pontos e 5,4 rebotes, além de um aproveitamento de apenas 29,6% nos arremessos do perímetro (oito cestas em 27 tentativas). Já na temporada regular, quando ele disputou 43 partidas, suas médias foram bem melhores: 20,1 pontos, 8,9 rebotes e um aproveitamento de quase 38% nas bolas de três.

Vale dizer que Porzingis tem vínculo garantido com o Mavs pelas próximas duas temporadas. Nesse período, ele irá receber US$65,5 milhões em salários. Em 2023, o letão terá a opção de deixar o último ano de contrato, no valor de US$36 milhões, para testar o mercado de agentes livres.