Porzingis estreia em playoffs com confusão e primeira expulsão da carreira

Kristaps Porzingis fez a sua estreia nos playoffs nessa segunda-feira, mas o jogo provavelmente será lembrado pelo jovem astro por outro fato. O pivô do Dallas Mavericks foi expulso de uma partida da NBA pela primeira vez na carreira, após acumular duas faltas técnicas, no início do terceiro quarto da derrota para o Los Angeles Clippers. A exclusão foi confirmada depois de uma confusão com o ala Marcus Morris.

“A primeira falta seria marcada porque, mesmo que tenha sido um toco limpo, dei um soco no ar. É compreensível. No segundo lance, eu vi Marcus aproximando-se do rosto de Luka e não gostei. Foi por isso que eu reagi. Acho que foi uma decisão inteligente dos juízes. Preciso ser mais esperto e controlar as minhas emoções da próxima vez”, afirmou o jogador letão, sem buscar mais polêmicas, na entrevista coletiva pós-jogo.

Se Porzingis esquivou-se de criticar a arbitragem, outros atletas que não estavam envolvidos na partida foram bem mais enfáticos pelas redes sociais e dispararam contra a decisão dos juízes. Até Morris, protagonista da confusão que provocou a segunda falta técnica do europeu do Mavericks, achou que houve rigidez excessiva por parte dos juízes na expulsão do adversário.

“Acho que não foi nada, para ser honesto. Luka pensou que havia sido um pouco físico demais no lance, mas, se observar o replay, não foi nada. As faltas técnicas foram exageradas. Queria que Kristaps continuasse em quadra porque isso são os playoffs. Ninguém deveria ser expulso dessas partidas. A decisão prejudicou muito um dos times”, admitiu o experiente ala do Clippers.