Depois de chegar às finais da Conferência Leste em 2020-21, o Atlanta Hawks não conseguiu manter o bom desempenho na atual temporada e frustrou as expectativas do presidente Travis Schlenk. A gota d’água para o mandatário da franquia parece ter sido a derrota para o Portland Trail Blazers nesta segunda-feira (3). Mesmo com os 56 pontos de Trae Young e o rival com desfalques de Damian Lillard e CJ McCollum, o time da Geórgia não foi capaz de sair com a vitória e ainda levou 136 pontos.

A principal crítica de Schlenk é justamente no sistema defensivo do Hawks, que permite a todos os adversários pontuações altíssimas. Como resultado, a equipe de Nate McMillan tem a terceira pior defesa da NBA. Assim, após o confronto contra o Blazers, o Gerente Geral concedeu entrevista à rádio 92.9 The Game, onde, em tom de desabafo, fez críticas à campanha do seu time.

“Estamos vendo a mesma coisa em todos os jogos. Mais uma vez estávamos liderando o quarto período e não conseguimos mantê-la. Pareço um disco riscado aqui, mas é a mesma coisa em todos os jogos. Tudo recai sobre mim. Portanto, temos que dar uma boa olhada nisso e ver se este grupo é o que vimos no ano passado, na segunda metade ou se é o que estamos vendo este ano. Temos que determinar isso e fazer ajustes a partir daí. Obviamente, posso dizer que estou um pouco frustrado”.

Da mesma forma, Schlenk acrescentou que mudanças podem ser feitas antes do prazo final de negociação em algumas semanas. Além disso, de maneira muito franca, o presidente questionou a si mesmo sobre a construção do Hawks e admitiu que será preciso diminuir suas expectativas.

“É difícil de engolir quando seu time não está jogando tão bem quanto você acha que deveria. Talvez eu precise diminuir minhas expectativas para esta equipe. Eu montei esse grupo e eles não estão respondendo. Precisamos analisar profundamente isso”.

Desfalques prejudiciais

Vale ressaltar que o Hawks conta com alguns desfalques importantes que, certamente, colaboram para a campanha medíocre. Desse modo, De’Andre Hunter está próximo de retornar às atividades, após oito semanas afastado por lesão. Por outro lado, John Collins, Bogdan Bogdanovic e Gorgui Dieng estão nos protocolos de saúde e segurança da liga e devem retornar em breve.

Por fim, ao ter o time completo à disposição, Travis Schlenk poderá tirar suas conclusões de como agir com o futuro do elenco. “Temos algumas semanas para o prazo de comercialização e é isso que preciso descobrir. É minha responsabilidade colocar em quadra um time que pode vencer. No momento, estou me perguntando se fiz isso ou não”, concluiu.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram