Franz Wagner

Idade: 19 anos
País: Alemanha
Universidade: Michigan
Posição: ala
Altura: 6’9″ (2,06m)
Envergadura: 7’2″ (2,18m)
Peso: 101 kg

Médias na última temporada: 12.5 pontos, 6.5 rebotes, 3.0 assistências, 1.3 roubo de bola, 1.0 toco, 47.7% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 34.3% de aproveitamento nas bolas de três pontos, com média de 3.6 tentativas por jogo, 83,5% de aproveitamento nos lances livres, 31.7 minutos por jogo


Pontos fortes

  • Alto entendimento do jogo nos dois lados da quadra. Mistura instintos para reagir com a habilidade de se manter disciplinado taticamente
  • Defensor coletivo especial. Disruptivo no perímetro não apenas pela habilidade de antecipar com seu atleticismo e envergadura, mas pela mentalidade para pressionar ballhandlers durante toda a partida
  • Fundamentos defensivos muito bem consolidados. Desliza lateralmente. Destaque especial para seus closeouts, misturando a rara combinação de agressividade para ir ‘até o corpo’ do arremessador com a disciplina para chegar com equilíbrio, mantendo ambos os pés no chão, pronto para reagir às infiltrações do oponente
  • Defensor individual versátil. Ágil o suficiente para se manter em frente das três posições de perímetro. Boa força funcional para manter posição contra a maioria dos alas-pivôs, a despeito da aparência longilínea
  • Canivete suíço também no lado ofensivo da quadra. Pode ser utilizado, basicamente, em qualquer lugar entre as posições 2 e 4
  • Boa atividade fora da bola. Timing especial e muita força em seus cuts sem a bola. Arremessador capaz, e em franca evolução, em cenários de spot up
  • Criador secundário. Disciplinado para executar leituras simples com o fundamento apropriado (2.3 assistências por turnover em 20-21), mostra flashes de leitura avançada com habilidade para distribuir passes com apenas uma das mãos, de maneira ambidestra e em movimento
  • Jogador muito jovem para um sophomore. Mistura experiência e upside
  • Salto físico-atlético de seu ano de freshman para o segundo ano na NCAA indica grande margem para evolução nesse aspecto. Pode vir a ser alguém capaz de atuar full time na posição 4 e até alternar minutos como um small ball 5

Pontos fracos

  • Tem dificuldade para criar o próprio arremesso. Muito sólido em seus fundamentos, mas, exceto pelos passes criativos, tende a adotar uma abordagem metódica e quase robótica em seus movimentos
  • Arremessador em evolução, mas ainda não pode ser considerado um jogador consistente na linha dos três pontos. Por isso, pode ter problemas para atuar no perímetro no início de sua carreira na NBA
  • Faz muitas coisas bem. Mas nada espetacular, o que lança dúvidas sobre seu potencial para ser mais do que um role player de elite na liga
  • Apesar dos instintos especiais como protetor de aro, tipo longilíneo tende a limitar seus minutos como small ball 5. É esperado que tenha problemas para conter bigs tradicionais que atuem com um grau importante de fisicalidade
  • Embora tenha ótima força funcional, tipo longilíneo também lança questionamentos sobre sua habilidade de sobreviver na tábua de rebotes atuando na 4 contra formações mais tradicionais, que contam com nomes como Anthony Davis, Zion Williamson e Julius Randle na posição

Comparação: Andrei Kirilenko (ex-Utah Jazz)

Projeção no draft: escolha de loteria

Confira alguns lances de Franz Wagner