Nessa terça-feira (12), o Boston Celtics anunciou que Al Horford testou positivo para a COVID-19. Com isso, o técnico Ime Udoka “ganhou” mais um desfalque por conta dos protocolos de saúde da NBA. Isso porque, há três dias, Jaylen Brown também confirmou estar infectado pelo coronavírus e foi posto em quarentena. O pivô também ficará em isolamento.

Assim, Horford e Brown desfalcarão o Celtics em seus dois últimos compromissos pela pré-temporada: nesta quarta-feira (13), contra o Orlando Magic, e na próxima sexta-feira (15), contra o Miami Heat. Por outro lado, o jovem astro deve se reapresentar a tempo do primeiro jogo da temporada regular, contra o New York Knicks, no dia 20 de outubro, no Madison Square Garden. Enquanto o veterano, provavelmente, ainda estará em quarentena e ficará de fora da primeira partida oficial.

Aos 35 anos, Horford está em sua segunda passagem pelo Celtics. Ele jogou três temporadas em Boston, entre 2016 e 2019, ganhando uma seleção para o All-Star em 2017-18. Pela sua última equipe, o Oklahoma City Thunder, o pivô fez 28 jogos, com médias de 14.2 pontos, 6.7 rebotes e 3.4 assistências por jogo.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde de Al Horford. Contudo, ao que tudo indica, ele está assintomático e não deve ter grandes preocupações, bem como Jaylen Brown, que apresentou um quadro semelhante.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER