Eleito melhor defensor da NBA em 2014, Joakim Noah causou muitos problemas aos adversários durante seu auge e se consolidou como um dos principais defensores da liga na última década. Responsável pela marcação de jogadores como Shaquille O’Neal e Yao Ming, o ex-jogador do Chicago Bulls revelou ter tido pesadelos com Chris Kaman em seu primeiro ano.

“Em um jogo contra o Clippers, eu tive que marcar Chris Kaman. Era um cara que eu nunca tinha ouvido falar e eu pensava que seria fácil. De direita, de esquerda, no garrafão, foi uma loucura. Ele também fazia trash talk e não parava de marcar pontos e eu pensava ‘amanhã, Yao Ming, depois de amanhã, Shaq. Isso não vai acabar nunca'”, revelou Noah ao Knuckleheads, sobre suas boas-vindas à NBA.

Um usuário da rede Reddit lembrou que neste jogo Kaman terminou com 16 pontos, 11 rebotes e 80% de aproveitamento nos arremessos de quadra na vitória do Clippers sobre o Bulls. Enquanto isso, Noah fez dois pontos e não converteu nenhuma tentativa.

Após um início difícil na NBA, Noah logo se consolidou como um dos principais nomes do Bulls, onde atuou por nove temporadas e foi escolhido duas vezes para o All Star Game. O pivô ainda passou por New York Knicks, Memphis Grizzlies e, por ironia do destino, se aposentou no Clippers.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER