O Real Madrid venceu o Zaragoza e assumiu a liderança isolada da Liga ACB. O time madrilenho foi beneficiado pelo réves do Barcelona para o Baskonia. A 12ª rodada do campeonato espanhol de basquete masculino foi realizada nesse final de semana.

O duelo Bilbao x Breogán foi adiado para uma nova data, ainda não confirmada, em função de problemas técnicos para o funcionamento do relógio de posse de bola.

Confira os resultados e os destaques de cada partida:

Zaragoza 65 x 86 Real Madrid

Local: Pabellón Príncipe Felipe (Público: 6.083)

Triunfo merengue graças a um grande segundo tempo, depois de ir para o intervalo perdendo (20 x 15, 15 x 21, 24 x 13 e 27 x 16), 18 x 6, 14 x 15, 25 x 13 e 14 x 14). O cestinha foi Llull, com 17 pontos. O time madridista acertou metade de suas bolas de três (16 em 32). O principal pontuador da equipe aragonesa foi Okoye, com 15. Na história do confronto foi a 29ª vitória do Real em 31 jogos.

Barcelona 78 x 91 Baskonia

Local: Palau Blaugrana (Público: 5.468)

Inesperada vitória da equipe visitante (22 x 12, 24 x 23, 22 x 19 e 23 x 24), com 23 pontos de Enoch, cestinha da partida. Todo os dez jogadores do time basco na quadra pontuaram. Muito mal nas bolas de três (29 arremessadas e apenas sete convertidas), o Barça teve Mirotic como principal pontuador, com 20. Outros quatro terminaram com dois dígitos: Sanli (10), Hayes (10), Kuric (12) e Jokubaitis (13).

Manresa 95 x 93 Tenerife

Local: Pavelló Nou Congost (Público: 3.412)

Num duelo definido na prorrogação (17 x 19, 18 x 10, 29 x 27, 17 x 25 e 14 x 12), com uma cesta de Pérez no estouro do cronômetro, o time manresano contou com 22 pontos do cestinha Moneke para vencer. A equipe tinerfeña, muito mal nas bolas de três (seis certas em 23 arremessadas), poderia ter vencido no tempo normal, quando Pérez cometeu falta sobre Salin no último segundo, mas o finlandês acertou dois dos seus três lances livres. Os visitantes tiveram todos os seus 11 jogadores em quadra pontuando, com destaque para Guerra, autor de 20. O brasileiro Marcelinho Huertas, em 24 minutos em quadra, marcou 13 pontos, pegou dois rebotes e deu oito assistências.

Gran Canaria 82 x 89 San Pablo Burgos

Local: Gran Canaria Arena (Público: 4.426)

Os burgaleses colocaram fim à sequência de seis derrotas, numa atuação irregular dos dois lados e virada no último quarto (26 x 18, 12 x 21, 22 x 28 e 29 x 15). Seus dez jogadores em quadra pontuaram, com destaque para os 23 de Kravic. O brasileiro Vítor Benite, em seu jogo número 200 na história da Liga, terminou com 13 pontos (além de um rebote), em 24 minutos. Os mandantes tiveram Ennis como principal pontuador, com 16, e Diop apanhou dez rebotes.

Fuenlabrada 88 x 87 Valencia

Local: Pabellón Fernando Martín (Público: 4.927)

Vitória importantíssima do Fuenla, num duelo muito equilibrado (22 x 19, 26 x 22, 21 x 22 e 19 x 24), com cinco jogadores seus com dois dígitos: Emegano (cestinha, com 23, e autor da cesta do triunfo a três segundos do fim), Alexander (15), Milosavljevic (12), Novak (10) e o brasileiro Léo Meindl, com 13 (além de dois rebotes e uma assistência). Emegano é o principal pontuador do campeonato. Os valencianos tiveram cinco atletas com mais de dez pontos: Dubljevic (14), Rivero (14), López-Arostegui (13), Puerto (13) e Prepelic (12).

Real Betis 73 x 79 Unicaja Málaga

Local: Palacio Municipal de Deportes San Pablo (Público: 4.538)

Mais uma derrota do lanterna do campeonato, de virada (20 x 18, 18 x 20, 15 x 23 e 20 x 18), no dérbi andaluz. Evans, com 18 pontos, foi o principal anotador da equipe bética, que terminou com 100% de aproveitamento nos lances livres (16 convertidos). O time malaguenho teve o cestinha, Cole, com 20 pontos.

Joventut Badalona 83 x 77 UCAM Murcia

Local: Palau Municipal D’Esports (Público: 4.047)

Num duelo equilibrado, o time badalonês não perdeu um quarto sequer (27 x 23, 20 x 20, 18 x 17 e 18 x 17) e contou com 25 pontos do cestinha Tomic, mesmo sem ele ter arremessado uma bola de três sequer. Os murcianos tiveram como principal pontuador Taylor, com 17. O brasileiro Augusto Lima terminou com seis, além de sete rebotes e quatro assistências, em 23 minutos em quadra.

Andorra 86 x 73 Obradoiro

Local: Poliesportiu d’Andorra (Público: 1.604)

Triunfo andorrano de virada, após empate no primeiro tempo (20 x 21, 20 x 19, 25 x 15 e 21 x 18), com 13 pontos de Noua. O cestinha foi Robertson, do time galego, com 20.

Classificação

1º Real Madrid: 11 vitórias e uma derrota
2º Barcelona: dez vitórias e duas derrotas
3º Tenerife: oito vitórias e quatro derrotas
4º Joventut Badalona: sete vitórias e quatro derrotas
5º UCAM Murcia, Valencia, Manresa e Gran Canaria: sete vitórias e cinco derrotas
9º Unicaja Málaga e Baskonia: seis vitórias e seis derrotas
11º Breogán: cinco vitórias e cinco derrotas
12º Andorra: cinco vitórias e sete derrotas
13º San Pablo Burgos, Zaragoza e Obradoiro: quatro vitórias e oito derrotas
16º Bilbao: três vitórias e oito derrotas
17º Fuenlabrada: três vitórias e nove derrotas
18º Betis: duas vitórias e dez derrotas

Estatísticas

Melhor ataque: UCAM Murcia = 1.037
Pior ataque: Breogán = 800
Melhor defesa: Breogán = 749
Pior defesa: Fuenlabrada = 1.064
Mais pontos em um jogo: 108 (Manresa)
Menos pontos em um jogo: 48 (Betis)
Mais pontos em um quarto: 36 (Bilbao)
Menos pontos em um quarto: 5 (Baskonia e Fuenlabrada)
Maior diferença de pontos: 44 (Joventut Badalona 105 x 61 Manresa)
Maior pontuador em um só jogo: 33 (Hannah – Andorra)
Principal cestinha: Emegano (Fuenlabrada) = 17,2 de média
Principal reboteiro: Delgado (Bilbao) = 8,3 de média
Principal assistente: Novak (Fuenlabrada) = 7,1 de média

Jogos da 13ª rodada

11/12 (sábado): Joventut Badalona x Real Betis, Baskonia x Bilbao, Gran Canaria x Manresa e San Pablo Burgos x UCAM Murcia
12/12 (domingo): Real Madrid x Unicaja Málaga, Breogán x Andorra, Valencia x Obradoiro, Zaragoza x Fuenlabrada e Tenerife x Barcelona

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER