O Houston Rockets e o Washington Wizards estão conversando sobre uma troca em potencial envolvendo os armadores Russell Westbrook e John Wall, de acordo com o jornalista Shams Charania, do The Athletic. A negociação está em curso e pode ser concretizada nas próximas horas.

A equipe texana está em um claro processo de reconstrução em seu elenco. Westbrook solicitou a troca na semana passada, após Daryl Morey (ex-GM) e Mike D’Antoni (ex-técnico) terem saído depois da eliminação para o Los Angeles Lakers na semifinal de conferência. James Harden fez o mesmo e foi além. Harden chegou a receber proposta de renovação, que daria a ele salário superior a US$50 milhões anuais, mas rejeitou e informou que pretende se juntar a Kevin Durant e Kyrie Irving no Brooklyn Nets, enquanto Robert Covington foi trocado para o Portland Trail Blazes na manhã desta terça-feira.

Westbrook, de 32 anos, é pretendido ainda por New York Knicks e Charlotte Hornets. MVP de 2016-17, ele receberá US$41 milhões na próxima temporada. Em seu primeiro e, provável único ano no Rockets, o atleta obteve médias de 27.2 pontos, 7.9 rebotes, 7.0 assistências e teve um aproveitamento de 25.8% nos arremessos de longa distância em 57 partidas disputadas.

Recuperado de lesão, Wall não entra em quadra desde o dia 26 de dezembro de 2018 e sequer atuou na última temporada. Cinco vezes All Star, o armador vem treinando normalmente e mostrou-se pronto para jogar. Naquela campanha, ele obteve médias de 20.7 pontos, 8.7 assistências, 1.5 roubada, além de aproveitamento de 30.2% nos arremessos de três. Wall possui contrato até 2022-23 e receberá US$40.8 milhões na próxima temporada.

A troca entre Rockets e Wizards envolvendo Westbrook e Wall pode significar uma mudança de patamar para as duas equipes de imediato. Wall quer provar-se como um dos melhores da posição, após quase dois anos sem jogar, mas o time está sofrendo baixas importantes. Já Westbrook, precisa encontrar um elenco forte suficiente para brigar por playoffs e mostrar que ainda é capaz de jogar em nível de All Star.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook