Charlotte Hornets foi uma das surpresas da NBA na primeira metade da temporada passada, chegando a ocupar a quarta posição do Leste enquanto teve elenco saudável. Agora, a franquia quer provar que não é um fenômeno passageiro e pode fazer (ainda) mais barulho em 2022. De contrato estendido, Terry Rozier aposta que sua parceria com LaMelo Ball vai elevar o patamar do Hornets e atropelar oponentes em breve. 

 

“Eu acho que nós seremos realmente assustadores juntos. Aterrorizaremos adversários todas as noites. LaMelo só precisou de umas partidas e acho que estamos prontos para mostrar quem somos na próxima temporada. É ótimo, além disso, que também sejamos bons amigos fora de quadra. Vejo como um bônus. LaMelo é como um irmão mais novo para mim”, contou o jogador de 27 anos, em entrevista coletiva nessa quarta-feira. 

O Hornets surpreendeu os rivais na última temporada com um estilo de jogo rápido, puxado pela velocidade e visão de quadra de LaMelo Ball combinado a uma artilharia pesada para três pontos comandada por Rozier (além de Gordon Hayward, P.J. Washington e DeVonte’ Graham). Além de bem-sucedido, o armador garante que jogar com essa base é tão divertido quanto parece para o torcedor que assiste de longe.  

 

“Na última temporada, nós estávamos no caminho certo e tudo desandou por conta das lesões. Acho que não temos que mudar muita coisa. Ouço amigos jogadores e pessoas por aí dizendo que estão realmente animadas para ver a nossa equipe. Somos um dos times mais empolgantes de acompanhar nessa liga e estou feliz por fazer parte disso”, celebrou o arremessador, que está garantido na franquia até junho de 2026.

De substituto de Kemba a marca própria

Quem vê Rozier agora mal consegue lembrar de sua chegada ao Hornets, envolto por dúvidas e com a responsabilidade de substituir o ídolo Kemba Walker. Ele é quem já caminha, hoje, para ser uma grande personalidade local. “Fiquei apaixonado por tudo em Charlotte. Caí de amores pela cidade, time, técnicos e todos da organização. Tudo só melhorou em minha carreira e não quero olhar para trás”, sentenciou. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER