A proximidade do fechamento da janela de transferências dessa temporada aumenta as especulações no mercado da NBA. E as atenções de alguns dos principais times da liga estão direcionadas, entre outros locais com alvos em potencial, para Toronto. Segundo Keith Pompey, do jornal Philadelphia Inquirer, rumores apontam que vários candidatos ao título estão monitorando a situação e possível disponibilidade para trocas de Kyle Lowry no Raptors. 

armador de 34 anos possui um contrato expirante de mais de US$30.5 milhões e, se não houver interesse em uma renovação, a chance dos canadenses conseguirem algum tipo de ativo pelo ídolo local seria fechando uma negociação antes de 25 de março. Mas o fato é que esse cenário tornou-se improvável nas últimas semanas: com a reação do Raptors na classificação, ele volta a ser mais importante em quadra do que como uma eventual moeda de troca. 

Pompey apurou que, como pode se imaginar, o principal interessado em Lowry seria o Philadelphia 76ers. A equipe está em busca de reforços para a armação visando os playoffs e o experiente jogador é natural da cidade-sede, o que faria com que esteja aberto à possibilidade de mudança de ares. Além do Sixers, Miami Heat e Los Angeles Clippers seriam outros dois interessados na contratação de um atleta da posição que analisam a situação do veterano. 

No entanto, diante das especulações, o próprio empresário do jogador veio à público para negar ter havido qualquer manifestação do seu cliente voltada para uma troca. “Há muitos rumores que são escritos apenas para caçar cliques. É o que acontece com Kyle. Dizem que ele quer ir para a Philadelphia, por exemplo, e isso não é verdade. Entrei em contato com os dirigentes para esclarecer tudo isso. O seu foco está unicamente voltado para ajudar Toronto a subir na tabela”, garantiu Mark Bartelstein. 

O interesse do Raptors em negociar Lowry, até o momento, é considerado muito baixo e os rumores sobre candidatos ao título não passam de um monitoramento padrão. Ele é o terceiro maior pontuador e reboteiro, além de ser o jogador com mais assistências, na história da franquia canadense. Em 27 partidas disputadas na atual temporada, o astro registra médias de 18.0 pontos (com 40.5% de aproveitamento nos arremessos de longa distância), 5.7 rebotes e 6.6 assistências.