O Utah Jazz registrou o melhor recorde da temporada regular, mas sofreu um choque de realidade ao não conseguir se impor na série contra o Los Angeles Clippers nos playoffs. A eliminação nas semifinais do Oeste expôs a equipe e, para muitos analistas, deixou a impressão de que mudanças são necessárias. De acordo com Matt Moore, do site Action Network, o Jazz considera envolver Bojan Bogdanovic e Joe Ingles em trocas. 

 

Moore apurou que os executivos de Salt Lake City estariam dispostos a disponibilizar os dois veteranos em negociações que ofereçam uma “melhora considerável” para o time, inclusive sem temer uma alteração radical no panorama do elenco comandado por Quin Snyder. Não se sabe ao certo, no entanto, quais seriam as posições e estilos de atletas visados como reforços pelo líder da conferência Oeste na temporada. 

As possíveis saídas do titular croata e do reserva australiano podem só dar uma ideia inicial das mudanças que estão por vir no Jazz. A franquia tem outros dois jogadores entrando no mercado como agentes livres e o retorno de ambos é incerto: o armador Mike Conley vai ser uma negociação complicada pelas limitações de folha do time, enquanto o ala Georges Niang deverá receber considerável aumento salarial. 

 

Bogdanovic, que acabou de disputar o Pré-Olímpico com a seleção da Croácia, foi titular nas 72 partidas de Utah na temporada regular e foi o terceiro principal pontuador da equipe na campanha. O jogador de 32 anos, que tem mais de US$38 milhões a receber em salários nas próximas duas temporadas, teve médias de 17.0 pontos (com 39% de aproveitamento nos arremessos de longa distância) e 3.9 rebotes. 

Por sua vez, Ingles está a caminho de Tóquio para disputar as Olimpíadas com a seleção australiana – uma das mais fortes candidatas a medalhas no basquete masculino. O ala de 33 anos está em alta após ter sido segundo colocado na votação para melhor sexto jogador da última temporada. Com salário de US$13 milhões na próxima campanha, o veterano anotou 12.1 pontos, 3.6 rebotes e 4.7 assistências em 2020-21.  

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER