A inesperada ausência de Ben Simmons nas últimas duas partidas do Philadelphia 76ers, com a equipe já bem desfalcada pelo protocolo de saúde da COVID-19, deixou um ponto de interrogação na cabeça dos torcedores. E a razão para o “desaparecimento” pode ser pior do que uma lesão de última hora. De acordo com Vincent Goodwill, da rede Yahoo! Sports, Simmons teria fugido do hotel em Nova Iorque em que o Sixers ficou confinado, em quarentena, após a confirmação de que Seth Curry estava com coronavírus. 

“A equipe decidiu ficar em Nova Iorque até que o processo de rastreamento de contato fosse finalizado, mas fiquei sabendo que Ben deixou a cidade naquela noite e retornou para a Philadelphia por conta própria. Não aceitou ficar. Contratou um motorista e foi embora, aparentemente. O time, imagino, descobriu. É algo bem sério. Ele precisava voltar. No outro dia, ele ‘magicamente’ aparece na lista de lesionados e não joga. Só ligue os pontos!”, revelou o repórter, em um podcast do Yahoo! Sports. 

A movimentação estranha, porém, não passou despercebida pelos dirigentes da NBA. A franquia foi multada em US$25 mil por violações das regras de comunicação oficial dos lesionados de elencos da liga. Simmons não estava na lista de possíveis desfalques do Sixers antes do sábado passado, dia em que o time enfrentou o Denver Nuggets com somente sete jogadores à disposição. Um atleta com risco de ser ausência, por norma, precisa estar na lista de lesionados até 24 horas antes da partida.  

O técnico Doc Rivers confirmou que o armador de 24 anos sofreu um desconforto no joelho e só não foi listado antes porque havia dúvidas sobre o seu status. “No duelo diante do Nets, Ben sentiu dores e nós quase sabíamos que não teria condições para partidas seguintes. Mas isso não era certeza, não havia como precisar. Nós estamos tentando ser o máximo cautelosos agora, enquanto a temporada ainda está tão no início”, explicou o experiente treinador.

A explicação de Rivers é um cenário possível, mas absolutamente improvável diante da forma como as regras de comunicação oficial de lesionados funcionam na liga e nunca haviam sido burladas pela equipe em dois anos de vigência. O Sixers só precisava ter listado Simmons, se realmente não tiver fugido da quarentena, como uma “dúvida” na sexta-feira e não teria qualquer risco de punição. O jovem jogador registra médias de 13.4 pontos, 8.8 rebotes e 7.0 assistências em nove partidas na atual temporada.    

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook