O Philadelphia 76ers e Ben Simmons parecem determinados a protagonizarem a mais longa novela já vista em uma offseason da NBA. A situação já se estende por meses e, se depender dos envolvidos, deverá alongar-se pela pré-temporada alcançando o auge do drama. De acordo com Marc Stein, da plataforma Substack, o Sixers não diminuiu a pedida para trocar Simmons e uma negociação está longe de ser fechada. 

 

O repórter apurou que as conversas dos dirigentes da Pensilvânia com interessados no jogador avançaram muito pouco nos últimos dois meses. O status atual das tratativas seria, basicamente, o mesmo do fim de julho. Embora o armador de 25 anos já tenha cravado que não joga mais pela franquia, eles permanecem esperançosos de que o atleta vai se reapresentar de alguma forma nas próximas semanas. 

A esperança, porém, soa cada vez menor. Múltiplas fontes confirmam que Simmons já decidiu e informou que não vai se reapresentar ao Sixers de forma alguma. Ele estaria pronto para sanções que podem incluir multas semanais de mais de US$1 milhão. O ex-atleta Jay Williams revelou ter conversado com o empresário Rich Paul, que disse-lhe estar preparado para ir até as últimas circunstâncias por seu cliente.  

 

Exigências fora de realidade

O maior obstáculo para a negociação, apesar de tudo que foi dito, é a surreal exigência da equipe para liberar um jogador que todos sabem querer sair. A franquia segue com pedido de combinação de jovens talentos, jogadores provados e múltiplas escolhas de draft para liberar o astro. Stein assegura que isso relaciona-se à pressão em cima de Daryl Morey para manter o time como um dos candidatos ao título em 2022. 

Nos bastidores, cinco times seriam apontados como interessados nos serviços do titular da Philadelphia: Cleveland CavaliersMinnesota Timberwolves, Sacramento Kings, San Antonio Spurs e Toronto Raptors. A alta pedida atual, no entanto, impede qualquer sucesso nos esforços do Sixers para trocar Simmons. Na temporada passada, o finalista para o prêmio de melhor defensor da liga registrou médias de 14.3 pontos, 7.2 rebotes e 6.9 assistências.  

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER