Não adianta tentar se enganar: por mais que até possam não ser os principais favoritos ao título, a próxima temporada da NBA estará polarizada em torno dos supertimes de Brooklyn Nets e Los Angeles Lakers. São reuniões de craques, mobilizando cidades importantes em projetos “grandes demais para falhar”. O Jumper Brasil sabe disso e obrigou os seus integrantes a descerem do muro nessa semana. 

 

Hoje, os quatro editores do site (Gustavo Freitas, Gustavo Lima, Ricardo Stabolito Jr. e Vinicius Donato) foram convidados a responderem cinco perguntas sobre essas duas equipes projetando a temporada que vem. O ponto principal desse tira-teima é que, independentemente dos argumentos, a gente quer uma resposta principal para cada questão: ou é Lakers, ou é Nets. Sem ficar em cima de muro. 

Qual é a franquia que nós mais queremos ver e mais estamos ansiosos para assistir na atual campanha? Quem é, de fato, o mais forte em termos de astros e elenco completo? E, entre Lakers e Nets, em quem está as nossas fichas para levar o título da NBA no fim da temporada? Sai do muro que é dia de tira-teima, Jumper! 

 

 

1. Lakers ou Nets: quem estamos mais ansiosos para ver em quadra?

 

Gustavo Freitas 

“Lakers, sem dúvidas. Já vimos o trio de astros do Nets na última temporada, mesmo que em raras aparições: James Harden vai levar a bola na maior parte do tempo, enquanto Kevin Durant e Kyrie Irving serão mais agressivos para pontuar. Los Angeles tem muita estreia, muita gente ‘nova’. É preciso entender ainda como será o encaixe de Russell Westbrook, se Anthony Davis jogará de pivô, como será Carmelo Anthony nesse time…”   

Vinicius Donato 

“Lakers. Pela questão da novidade. Ainda que brevemente, nós conseguimos ver alguns jogos do trio de astros do Nets na última temporada. A chegada de Westbrook trará um novo fôlego aos angelinos, que viveu campanha de muitas contusões. Carmelo jogando, finalmente, ao lado de LeBron James é outra novidade que o torcedor quer ver” 

Gustavo Lima  

“Lakers. Foram poucos jogos, mas já vimos o que o trio de astros do Nets é capaz de fazer em quadra. Já o ‘Big 3’ angelino é novo. Assim como eu, muitas pessoas têm sérias dúvidas sobre o encaixe ofensivo de Westbrook com LeBron e Anthony Davis, especialmente quando não estiver com a bola nas mãos. LeBron será usado mais próximo da cesta, junto com Davis? Ele deixará de ser o playmaker principal do time? Dúvidas, dúvidas…” 

Ricardo Stabolito Jr. 

“Lakers. É a equipe das novidades, do elenco de veteranos ‘renegados’, dos aparentes encaixes mais complicados. É aquele time mais difícil de se prever – e, por isso, quem oferece maiores emoções. A gente quer ver drama. Mas vale lembrar: o Nets também apresentava um encaixe que parecia muito duro na temporada passada e, no fim das contas, correu surpreendentemente bem” 

  

 

 

2. Lakers ou Nets: quem construiu o melhor elenco de apoio em torno de seu trio de astros?

 

Gustavo Freitas 

“Nets. É um elenco que, creio, dá mais chances de mudar o estilo de jogo. As entradas de Bruce Brown e Nicolas Claxton, por exemplo, injetam vigor e versatilidade defensiva. Patrick Mills é ótimo nas bolas de três pontos. Embora goste do que o Lakers possui em seu banco, as alternativas de Brooklyn são capazes de endurecerem a marcação quando necessário” 

Vinicius Donato 

“Nets. Joe Harris, para começar, deve ser o melhor jogador entre todos os elencos de apoio da dupla na atualidade. E Blake Griffin, apesar das constantes lesões, pode ser o próximo. O Lakers apostou em veteranos e arremessadores para cercar o seu trio, com Kendrick Nunn sendo o maior potencial de desenvolvimento entre todos. Eu ficaria com Brooklyn” 

Gustavo Lima  

“Nets. Harris, Mills, Griffin, Brown, Claxton e James Johnson são bons complementos e de fácil encaixe com o trio de Brooklyn. Apesar da chegada de jogadores experientes, com qualidade comprovada na NBA, o Lakers perdeu dois de seus melhores defensores (Alex Caruso e Kentavious Caldwell-Pope) – e a defesa forte é o carro-chefe do time treinado por Frank Vogel nas últimas duas temporadas. Talvez, essa seja a grande missão do técnico angelino na próxima campanha” 

Ricardo Stabolito Jr. 

“Nets. É um grupo de coadjuvantes que já vimos funcionar nos playoffs e que, dentro do possível, foi mantido. Adicionou poder de fogo em Patrick Mills e só não vejo claramente quem será o substituto de Jeff Green. O Lakers fez um excelente trabalho montando um elenco, basicamente, de veteranos em contratos mínimos. Mas, ainda assim, não existe milagre: é um elenco de veteranos contratos mínimos. Um tipo de esquadrão suicida” 

  

 

 

3. Lakers ou Nets: se eu dissesse que um desses times vai ter sérios problemas no meio da temporada (briga, pedido de troca), em quem você apostaria?

 

Gustavo Freitas 

“Nets. É uma briga boa, mas aqui pesa o ego: ainda que Irving, Harden e Durant sejam amigos, todos já tiveram problemas com certos ex-companheiros. Coincidência ou não, Westbrook – que está do outro lado – já discutiu com Harden e Durant nos tempos de Rockets e Thunder, respectivamente. No Lakers, qualquer coisa, o ‘GM LeBron’ resolve tudo com algumas trocas” 

Vinicius Donato 

“Nets. O jogador mais volátil de todos é Irving. Os sumiços do ano passado são um sinal de alerta para a direção nova-iorquina. O Lakers parece estar mais controlado, nesse sentido. Kyle Kuzma, aparentemente, era um dos mais insatisfeitos em Los Angeles e, agora, só restou a situação de Marc Gasol para ser potencialmente resolvida” 

Gustavo Lima 

“Nets. E isso por conta do temperamento (difícil) de seus astros. Eu não pensaria em uma briga inteira, mas Irving pedir por troca por sentir-se desprestigiado não me surpreenderia mesmo” 

Ricardo Stabolito Jr. 

“Nets. Seus astros são mais voláteis e temperamentais, o elenco de apoio tem jogadores com mais chances de acharem que merecem mais tempo de quadra do que podem vir a ter. O Lakers pode ter problemas técnicos e táticos, mas, de relacionamento, acho difícil. Até pela forma como o time foi montado, todos sabem qual é a situação. E Westbrook, digam o que quiserem, é adorado pelos vestiários pelos quais passou” 

  

 

 

4. Lakers ou Nets: quem venceria uma partida de 3×3 entre os astros dessas equipes, com todos no auge?

 

Gustavo Freitas 

“Lakers. Eu admito que o Nets tenha mais talento e encaixe no momento. Mas LeBron, Anthony Davis e Westbrook já jogaram juntos na seleção dos EUA, em 2012, ainda que o segundo fosse bastante jovem. A minha impressão é que os angelinos teriam mais chances de vencer” 

Vinicius Donato 

“Lakers. No auge, LeBron está à frente da turma e Anthony Davis sobraria no garrafão. O Nets teria melhor arremesso de perímetro e as infiltrações de Harden e Irving seriam difíceis de segurar, mas o Lakers também é melhor defensivamente que o adversário e imagino que acabaria vencendo esse desafio hipotético” 

Gustavo Lima  

“Nets. Saudáveis, o melhor trio da liga é formado por Durant, Harden e Irving. Além da qualidade, deu para notar que o encaixe fluiu naturalmente nos poucos jogos em que atuaram juntos. Seriam a minha escolha” 

Ricardo Stabolito Jr. 

“Lakers. Acho que, em um jogo de ataques virtualmente imparáveis, os angelinos teriam melhores chances de defender alguém que seja em quadra” 

  

 

 

5. Lakers ou Nets: quem é a sua aposta para levar título da NBA – ou quem está mais próximo disso?

 

Gustavo Freitas 

“Nets. Porque o time não é só o trio. Há outras opções de ótimo nível nesse grupo, como Joe Harris e Blake Griffin fechando o quinteto titular. Tem Patrick Mills vindo do banco, a marcação de Bruce Brown e um Nicolas Claxton provavelmente mais desenvolvido. São peças de igual nível ou superiores a qualquer outro elenco de apoio da NBA” 

Vinicius Donato 

“Nets. Saudável, Brooklyn poderia ter chegado às finais na última temporada. O Lakers vai recomeçar após várias mudanças e ainda temos que esperar para entender como essa equipe vai funcionar. Apesar das estrelas, os angelinos precisarão demais dos coadjuvantes e dos arremessos de longa distância para esse time ‘dar liga’” 

Gustavo Lima  

“Nets. Tem o melhor trio de astros da NBA, o que, por si só, já bastaria para credenciar-se ao título. Além disso, Brooklyn tem um elenco de apoio confiável com uma boa mescla de veteranos e jovens. Para mim, é o time a ser batido na próxima temporada” 

Ricardo Stabolito Jr. 

“Nets. É o time mais pronto, com astros e coadjuvantes mais próximos do auge de suas carreiras, que já vimos competir em alto nível junto nos playoffs da temporada passada. O Nets, com todo o respeito, está bem mais perto do título da NBA do que o Lakers. O Lakers nem seria a minha segunda aposta hoje para ser campeão, provavelmente” 

  

 

  

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER