O armador Trae Young aceitou proposta de extensão com o Atlanta Hawks e vai receber US$207 milhões por cinco anos, de acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN. O novo vínculo começará a valer a partir da temporada 2022-23. O contrato, inicialmente, é de US$172 milhões, mas possui a cláusula de bônus, caso ele seja eleito para os times ideais da NBA.

Quinta escolha do draft de 2018, o atleta, de 22 anos, foi o grande destaque do surpreendente Hawks nos playoffs da temporada passada. O time eliminou o New York Knicks e o Philadelphia 76ers, então dono da melhor campanha do Leste. Por fim, parou no Milwaukee Bucks que, posteriormente, sagrou-se campeão da NBA.

Esnobado do time dos EUA que disputa as Olimpíadas de Tóquio, Young concluiu a temporada 2020-21 com médias de 25.3 pontos e 9.4 assistências. Além disso, ele contribuiu com 34.3% de aproveitamento em três pontos e 88.6% em lances livres. Nos mata-matas, o camisa 11 foi ainda melhor, com 28.8 pontos e 9.5 passes decisivos em sua estreia na fase.

A extensão de Trae Young é um dos passos que o Hawks planeja para o futuro. O time era apenas o 11° colocado no Leste no início de março. Como resultado, a direção demitiu o técnico Lloyd Pierce e, em seguida, assumiu Nate McMillan.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER