O Portland Trail Blazers está finalizando uma troca nesta sexta-feira que vai promover o retorno de Enes Kanter à franquia. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o time do Oregon adquiriu o pivô turco do Boston Celtics em negociação que também envolveu o Memphis Grizzlies como “facilitador”. O ala Mario Hezonja e a 30a escolha do recente draft (Desmond Bane) está sendo passado para a franquia do Tennessee, enquanto a equipe de Massachussets receberá uma futura escolha de recrutamento do Grizzlies. 

O negócio proporciona que Kanter retorne ao local em que viveu o melhor momento da carreira, sendo titular do Blazers na campanha até a final do Oeste no ano passado. O salário do jogador para a próxima temporada (US$5 milhões) será “absorvido” na folha de vencimentos da franquia por meio da uma exceção salarial para trocas que possuía. Ele vai aterrissar no “novo antigo” time para voltar a ser o reserva imediato do bósnio Jusuf Nurkic 

Nas redes sociais, o atleta de 28 anos – que havia sido disponibilizado para transações no Celtics desde que decidiu usar sua opção de extensão automática para a campanha 2020-21 – já celebrou o fechamento da negociação e classificou-a como a volta para a sua casa na NBA: 

A saída de Kanter sem receber contratos como contrapartida ajudou a manter Boston abaixo do teto salarial da liga entrando na agência livre. Já o Blazers, mesmo com o investimento para “repatriar” o veterano, continua com flexibilidade para aplicar sua exceção salarial média (US$9.3 milhões) e bianual (US$3.6 milhões) em reforços no mercado, além de possuir seis vagas abertas no elenco. Para o Grizzlies, a transação girou especificamente em ter a chance de escolher Bane no final da primeira rodada do draft 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook