A história da derrocada de Lamar Odom teve mais um lamentável capítulo nesta terça-feira. De acordo com o site TMZ Sports, o jogador de 35 anos foi encontrado inconsciente em um bordel da cidade de Pahrump, no estado de Nevada, e levado para um hospital local com suspeita de overdose. O ex-atleta do Los Angeles Lakers estaria em estado crítico.

Segundo o dono do estabelecimento, Dennis Hof, o ala-pivô estava instalado na casa há dias e divertia-se com várias mulheres. Ele foi encontrado desmaiado de costas de uma das salas VIP do bordel por uma funcionária. O empresário contou ao site que, ao virar Odom para conferir sua situação, viu um líquido estranho saindo de sua boca e orifícios nasais.

Uma pessoa que estava no local afirmou ter visto o jogador consumindo uma erva que serviria como um substituto natural do Viagra. Uma ambulância levou-o para o hospital de Pahrump entubado, o que sugere que não estava respirando. Uma fonte no centro médico revelou ao TMZ que o quadro clínico “não é bom” e, neste momento, Odom estaria lutando por sua vida.

Leia mais
Para Kobe, Julius Randle lembra “Lamar Odom no corpo de Zach Randolph”
Empresário nega desaparecimento de Lamar Odom
Lamar Odom tem problema de vício em drogas pesadas, afirma site

O veterano ala-pivô estava sozinho, sem amigos ou acompanhantes, no bordel e funcionários do estabelecimento em que foi encontrado não podem ficar em seu quarto agora porque não são familiares. Há especulações de que o atleta vai ser transferido para um hospital em Las Vegas nas próximas horas, onde receberá melhor tratamento.

Bicampeão da NBA (2009 e ‘10) e eleito melhor reserva da liga (‘11) pelo Lakers, Odom tem uma luta declarada contra o vício em álcool e crack desde que caiu em depressão após ser negociado com o Dallas Mavericks (’12). Ele admitiu enfrentar tempos difíceis em setembro do ano seguinte, quando até internou-se em uma clínica de reabilitação por um dia.

O ala-pivô tentou um retorno à NBA em abril do ano passado, mas acabou dispensado após três meses e nenhum jogo disputado pelo New York Knicks. Em uma carreira de 961 partidas na liga, ele registra médias de 13.3 pontos, 8.4 rebotes e 3.7 assistências em pouco mais de 33 minutos de ação.