Previsões 2020/21 – Nuggets seguirá no topo do Oeste?

Quem chegou

JaMychal Green (Los Angeles Clippers)
Facundo Campazzo (Real Madrid-ESP)
Isaiah Hartenstein (Houston Rockets)
RJ Hampton (Draft, New Zealand Breakers-NZL)
Zeke Nnaji (Draft, Universidade do Arizona)
Markus Howard (Não draftado, Universidade de Marquette)

Quem saiu

Jerami Grant (Detroit Pistons)
Mason Plumlee (Detroit Pistons)
Torrey Craig (Milwaukee Bucks)
Keita Bates-Diop (San Antonio Spurs)
Troy Daniels (agente livre)

Elenco

27- Jamal Murray: armador, 23 anos
7- Facundo Campazzo: armador, 29 anos
11- Monte Morris: armador, 25 anos
00- Markus Howard: armador, 21 anos
14- Gary Harris: ala-armador, 26 anos
35- PJ Dozier: ala-armador, 24 anos
13- RJ Hampton: ala-armador, 19 anos
5- Will Barton: ala, 29 anos
1- Michael Porter: ala, 22 anos
31- Vlatko Cancar: ala, 23 anos
4- Paul Millsap: ala-pivô, 35 anos
0- JaMychal Green: ala-pivô, 30 anos
10- Bol Bol: ala-pivô, 21 anos
3- Greg Whittington: ala-pivô, 27 anos
15- Nikola Jokic: pivô, 25 anos
25- Isaiah Hartenstein: pivô, 22 anos
22- Zeke Nnaji: pivô, 19 anos

Projetando o time

Titulares
Jamal Murray
Gary Harris
Will Barton
Paul Millsap
Nikola Jokic

Principais reservas
Michael Porter
Facundo Campazzo
Monte Morris
JaMychal Green
Bol Bol
Isaiah Hartenstein

Técnico: Mike Malone

O “cara” da franquia

 

Nikola Jokic. O melhor pivô passador da NBA é um dos grandes responsáveis pelo sucesso recente do Nuggets, finalista do Oeste na última temporada. Em 2019/20, Jokic teve um desempenho espetacular e, não por acaso, foi escolhido para o All-Star Game pela segunda vez seguida e eleito para o segundo time ideal da temporada. Nos playoffs, ele elevou o nível e angariou médias de 24,4 pontos, 9,8 rebotes e 5,7 assistências. Um “achado” na segunda rodada do Draft de 2014, o pivô sérvio tem apenas 25 anos, mas parece um veterano em quadra tamanha a inteligência que demonstra com a bola laranja.

Fique de olho!

Jamal Murray. O armador canadense de 23 anos fez a melhor temporada da carreira em 2019/20, e se consolidou como a segunda estrela do time de Denver. Nos playoffs, Murray foi simplesmente notável. Na primeira rodada, contra o Utah Jazz, alcançou 50 pontos (melhor marca na carreira) em duas das sete partidas da série. Na semifinal de conferência, contra o Los Angeles Clippers, anotou 40 pontos no sétimo e decisivo jogo. Suas médias na pós-temporada foram de 26,5 pontos, 4,8 rebotes e 6,6, assistências, além de um aproveitamento de 45,3% nos arremessos do perímetro.

O ponto de interrogação

Michael Porter. Em sua temporada de estreia na NBA, o jovem ala de 22 anos já mostrou o seu cartão de visitas, mesmo não sendo titular do time de Denver. Porter deu flashes de que é mais um atleta com potencial para ser uma peça fundamental no presente e futuro do Nuggets. Em 2020/21, a expectativa é a de que ele ganhe mais minutos em quadra, possa ficar saudável a maior parte da temporada e se estabeleça de vez entre os principais jogadores do time. Ofensivamente, Porter mostrou muita bola. Defensivamente, ainda deixa a desejar, o que limita o seu tempo de quadra, especialmente em jogos mais “pegados”. É nisso que ele precisa focar na segunda temporada na liga.

O que esperar do Nuggets em 2020/21?

De degrau em degrau, o jovem time do Denver Nuggets vem subindo de produção e elevando o seu patamar. Semifinalista de conferência em 2019 e finalista do Oeste em 2020. Será que a equipe do Colorado está pronta para o próximo passo?

Nesta temporada, o Nuggets terá uma concorrência ainda maior no “Oeste selvagem”. Times que se reforçaram bem como Phoenix Suns, Portland Trail Blazers e Minnesota Timberwolves devem subir de produção. O campeão Los Angeles Lakers se mantém favorito. O outro time de Los Angeles, o Clippers, também segue com um time muito forte. Isso sem contar o Utah Jazz de Donovan Mitchell e companhia, o Dallas Mavericks liderado pelo jovem astro Luka Doncic, o Golden State Warriors que terá a volta de Stephen Curry, o Houston Rockets, que, apesar da “novela” James Harden, tem um time qualificado.

Como dito acima, a vida do time de Denver não será nada fácil. O Nuggets perdeu um jogador importante, o ala Jerami Grant, e outras duas peças da rotação principal: o pivô Mason Plumlee e o ala Torrey Craig. Em termos de reforços chegaram o ala-pivô JaMychal Green, e o armador argentino Facundo Campazzo, um dos melhores jogadores do basquete europeu nos últimos anos. Além disso, o veterano Paul Millsap renovou o contrato por mais uma temporada.

Sob a liderança de Jokic e Murray, com um bom elenco de coadjuvantes e um técnico qualificado como Mike Malone, o Nuggets está sim, novamente, no páreo. Chegar mais uma vez à decisão do Oeste será um feito. Ser campeão da conferência, então…

Projeção Jumper Brasil

Divisão Noroeste: 1º lugar
Conferência Oeste: 3º lugar

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook