O Philadelphia 76ers está encurralado nas negociações para a saída de Ben Simmons, cujo valor de mercado parece cair a cada dia. E, com isso, até os interessados no astro começam a impor limitações e travar a disponibilidade de determinados jogadores nas conversas. Segundo Jon Krawczynski, do site The Athletic, os executivos do Minnesota Timberwolves já “vetaram” a inclusão de Karl-Anthony Towns e Anthony Edwards em uma possível troca por Simmons. 

 

“O Sixers ainda quer um grande retorno por Ben, mas, entre outras peças, alguém que possa ajudá-lo de imediato na disputa por títulos. Karl e Anthony, nesse momento, já estão fora da mesa. Se exigir um dos dois, o negócio acabou. Não adianta. E, embora esteja disponível, o Twolves realmente não gostaria de envolver D’Angelo Russell na transação também”, revelou o repórter e veterano setorista do time de Minneapolis, durante um podcast do portal. 

Há algumas razões que motivariam a direção de Minnesota a esforçar-se para manter seu atual armador titular, mesmo com a aquisição de um substituto em Simmons. O radialista Darren Wolfson, da ESPN Radio, informou que os dois atletas são bastante amigos por terem jogado juntos no basquete colegial. Russell ainda é extremamente próximo de Towns e seria um dos trunfos da equipe para “segurar” o pivô em longo prazo na organização. 

 

Twolves não endurece negociações sozinho

O Timberwolves, por sinal, não é o único interessado em Simmons que vem retirando jogadores das conversas notando o baixo poder de barganha do Sixers no momento. Especula-se que o Sacramento Kings, por exemplo, já disse que não disponibiliza os armadores De’Aaron Fox e Tyrese Haliburton nas negociações. Os executivos do Cleveland Cavaliers, por sua vez, dificilmente aceitarão o envolvimento de Darius Garland no negócio. 

É amplamente esperado que Simmons seja negociado pelo Sixers antes do início do período de pré-temporada. Isso seria motivado pelas ameaças do atleta de não se reapresentar ao time, o que reduziria ainda mais o seu valor de mercado. Um dos finalistas ao prêmio de melhor defensor da última temporada, o armador registrou médias de 14.3 pontos, 7.2 rebotes, 6.9 assistências e 1.6 roubos de bola em 58 partidas disputadas.  

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER